jump to navigation

A missão de Roth fevereiro 18, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
trackback

roth1.jpgDeixadas de lado as contestações pela forma como Celso Roth chegou ao Grêmio pela terceira vez em sua carreira como treinador, é hora de avaliar quais serão as principais alterações, não apenas de escalação, mas também de postura, que o novo técnico promoverá para que a equipe possa render mais do que vem apresentando e brigar por títulos em 2008. A principal missão de Roth será dar consistência defensiva ao time. Não por menos o nome de Celso foi o preferido pela direção que insiste com a parede de três volantes, para a qual o Grêmio não tem jogadores com a qualidade necessária, na posição, que possam trabalhar também na armação.

Os jogadores Maylson e Adilson, podem até ser bons reservas, para compor grupo, mas fica clara a falta de técnica e experiência para que eles possam encarar os profissionais, neste paredão de retenção e armação que pretende o Grêmio. Será preciso, portanto, definir um esquema que tenha a ver com as disponibilidades atuais, sem ficar pensando em quando (ou se) chegar o Rochemback, ou outro jogador para a função.

A escalação com os três volantes necessita de um terceiro homem que tenha o toque diferenciado, e possa chegar na frente, como era o Diego Souza que foi “promovido” por Mano Menezes a meia armador pela qualidade do passe e finalização, mas era volante originalmente. Ou Lucas que é da posição também, mas tem ótima saída de bola e técnica apurada para cumprir esta terceira função de um meio-campo com três homens de retenção. Do elenco atual que está jogando, o Tricolor conta com dois volantes que podem ser titulares nesta formação. Eduardo Costa e Willian Magrão. Talvez Júnior, possa vir a ser esta terceira peça do paredão defensivo da meia cancha gremista, mas precisa jogar para ser avaliado, pois está muito tempo sem participar de uma partida oficial.

De qualquer forma, é importante ressaltar que ontem, após a expulsão de Anderson Pico, o time pelo menos demonstrou a garra que se espera da equipe gremista. A justificativa pode ser o fato de estarem todos querendo mostrar serviço para o novo técnico. Alguns inclusive receberam elogios do treinador. Ainda assim, mesmo com a garra e entusiasmo de alguns, Roth percebeu que terá muito trabalho até obter um time equilibrado como pretende.

Como amantes do esporte, esperamos que, assim como Abel Braga quebrou, no Internacional, o tabu de nunca ter ganho mais que títulos regionais, o caxiense Celso Roth também possa erguer, no Rio Grande do Sul, seu primeiro caneco de expressão nacional. Apesar das contrariedades.

Anúncios

Comentários»

1. Três volantes « Eduardo Trindade online - março 6, 2008

[…] Enfim, lamento a posição do Grêmio e de alguns colegas, e acredito que, assim como o Corinthians de 2005 fez bom uso de Roger com outro meia de ligação ao seu lado (Hugo ou Carlos Alberto), o Tricolor também possa (talvez deva, em respeito a sua torcida) ousar um pouco mais, afinal de contas ainda sou partidário da velha máxima: “A melhor defesa é o ataque”. Difícil vai ser esperar isso de Celso Roth. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: