jump to navigation

Agora ficou mais difícil setembro 22, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
trackback

Calma. Não sou o Paulo Santana com seu pessimismo digno do colorado mais doente. É claro que o Grêmio ainda é o líder. Também é óbvio que aqueles que vem ganhando uma hora devem perder. Mas, ao término da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2008, com o empate em 0 a 0 contra o Atlético PR e a vitória do Palmeiras sobre o Vasco, a situação fica, de fato, bem mais difícil para o Tricolor Gaúcho.

Com os paulistas a apenas um ponto e, pior, com uma vitória a mais (primeiro critério de desempate) o time de Celso Roth terá que jogar tudo que jogou no primeiro turno e ainda não conseguiu jogar no segundo, para manter-se à frente e seguir na briga pelo título. A situação do Grêmio fica ainda mais complicada se considerarmos que dentre os seis jogos como visitante que o time tem a cumprir, estão 4 confrontos complicados: Inter, Vitória, Cruzeiro e o próprio Verdão, todos fora do estádio Olímpico. Ipatinga e Portuguesa são os outros dois que recebem o Tricolor.

Contudo, do lado do Palmeiras, a caminhada não é, apesar do que parece, muito mais fácil. Também com seis jogos longe do Palestra Itália, o time de Luxemburgo tem que encarar o Santos na Vila, o Vitória no Barradão, além de Flamengo e Fluminense no Maraca. Os outros dois são Náutico e Figueirense. E mesmo que alguns possam dizer que o Flu está mal, acredito que tem plantel e pode fazer campanha para não cair, e isso envolveria ganhar em casa, por exemplo. Da mesma forma com o Peixe que não anda bem na tabela, mas tende a dar mais trabalho, principalmente contra times paulistas em sua casa. Vejo, portanto, estes quatro adversários do Porco tão complicados quanto os quatro do Grêmio.

Nas seis partidas como anfitriões, também quatro pra cada lado são os adversários, teoricamente, mais perigosos. No Olímpico, tirando Figueirense e Atlético MG, os jogos mais embaçados tendem a ser contra Botafogo, Santos, Sport e Coritiba. Já no Parque Antártica, exceção a Ipatinga e Atlético MG que teoricamente serão mais fáceis, as coisas podem se complicar com São Paulo, Goiás, Botafogo e o próprio Grêmio. Enfim um campeonato equilibrado como pediam os amantes do bom futebol.

Isso que nem analiso aqui a caminhada do Cruzeiro que é outro que pode entrar na briga com os tropeços de Celso Roth e sua turma. Ou seja, há duas ou três rodadas o Tricolor tinha o campeonato encaminhado, com SEIS pontos de vantagem sobre o segundo e uma campanha extraordinária. Agora, com UM pontinho apenas, o que fica de mais certo neste campeonato, por enquanto, é que não há nada certo e que as cartas estão na mesa, pelo menos entre Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro, faltando 12 rodadas para o final.

Anúncios

Comentários»

1. Grêmio vence com Douglas Costa « Eduardo Trindade online - outubro 4, 2008

[…] Como já falei em outro post, acho que está tudo aberto sim e que o Verdão, talvez mais do que o Grêmio, encara várias “pedreiras” pela frente no caminho ao título de Campeão Brasileiro 2008. Inclusive, já disse isso a amigos, acredito que se o Grêmio não for o Campeão Brasileiro, possivelmente o título fique novamente com o São Paulo que vem num crescente impressionante e sempre tem chegada. Não levo fé no Palmeiras. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: