jump to navigation

O esquema do Grêmio de Silas janeiro 19, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
trackback

O técnico Silas, em seus primeiros momentos no comando da casamata Tricolor, demonstra uma das qualidades que mais aprecio no futebol. É um técnico arrojado, que privilegia o ataque e não tem medo de ser taxado como ofensivista (ou faceiro como os críticos gaúchos gostam de falar).

A resposta dada pelo Tricolor no domingo contra o Pelotas, depois do intervalo, indica que o treinador (que não se afirma adepto de apenas um esquema) poderá optar, eventualmente, por um 3-5-2 com apenas um volante de retenção e um outro (possivelmente Ferdinando) fazendo o papel de zagueiro pelo lado direito (talvez até o próprio zagueiro Mário Fernandes), para deixar Leandro de ala ofensivo com liberdade para atacar.

E foi assim que Silas virou o jogo na Boca do Lobo, depois de estar perdendo por 2 a 0 no intervalo. Neste caso a frente do Grêmio fica composta pelos meias Hugo e Souza, com Leandro de ala pela direita e Fábio Santos ou Lúcio pela esquerda, e no ataque Jonas e Borges.

Apesar de gostar de um esquema assim, isto seria exatamente o que alguns comentaristas chamam de “formação faceira”. Apenas por ter vários jogadores habilidosos de meio e ataque, inclusive com um atacante em outra função (Leandro na ala direita).

E, infelizmente, por esta pressão da imprensa contra os times chamados “faceiros”, este é o tipo de esquema que não pode dar errado em nenhum jogo. Na primeira partida em que o time levar um sacode com esta formação, as críticas aparecerão justamente sobre a “faceirice” do time. Coisa que não fariam se o time estivesse operando num 4-4-2 tradicional.

Na minha humilde opinião, contudo, sempre concordei com a máxima que diz que a melhor defesa é o ataque. Foi assim no segundo tempo contra o Pelotas e, treinando bem neste esquema, o time pode sempre atacar mais que defender. E, com isso, mesmo que tome um ou dois gols, acabará criando as oportunidades para marcar 3 ou 4.

Gosto, portanto das primeiras idéias do técnico Silas que, como jogador, fora atacante. Talvez justamente por isso, tenha esta concepção de que não seria problema algum o Grêmio entrar com Hugo, Souza, Jonas, Borges e Leandro. Muito pelo contrário, o problema estaria com os adversários que teriam que tentar barrar as tentativas deste meio e ataque qualificados ofensivamente.

Anúncios

Comentários»

1. Grêmio contrata Douglas « Eduardo Trindade online - janeiro 21, 2010

[…] Agora, como disse Souza recentemente, a “dor de cabeça boa” está com o técnico Silas que terá a sua disposição seis excelentes jogadores (Hugo, Souza, Leandro, Borges, Jonas e Douglas) para colocar em campo 4 ou, no máximo, 5 deles. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: