jump to navigation

Os grupos do Gauchão 2010 janeiro 29, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
trackback

Durante o dia de ontem ouvi comentários, nas principais rádios de Porto Alegre, sobre as pontuações de cada grupo do Gauchão, destacando que o grupo do Inter tem exatamente o dobro de pontos que o do Grêmio. Até aí, tudo bem. São fatos da tabela no momento.

Após a quarta rodada do Gauchão 2010, o grupo 1, do Tricolor, soma 30 pontos, contra 60 do grupo do Colorado. O que, contudo, não é mencionado é que isso se deve ao fato de que as equipes da chave 2, contra as quais o time da Azenha tem jogado, são melhores que aquelas que o time do Beira Rio tem enfrentado.

Excluindo a dupla Grenal (que apresenta igualdade de pontos), as melhores equipes de todo o campeonato são do grupo do Inter (que jogam contra o Tricolor, dificultando muito mais as coisas para o time de Silas). São José, São Luiz e Veranópolis ainda estão invictos. Os dois primeiros com a mesma pontuação do Internacional, enquanto o VEC só não acumula a mesma pontuação porque já enfrentou (com bons empates fora de casa) os dois líderes da chave 1: Grêmio e Novo Hamburgo.

Do outro lado da tabela, apenas o Imortal segue invicto. O Anilado, em segundo atrás do Tricolor com sete pontos, estaria em 6º pelo critério de desempate na outra chave. Além disso, os três clubes que não venceram no campeonato estão no grupo 1, sendo que dois deles (Avenida e Porto Alegre) não somaram sequer um ponto contra os times do outro grupo.

Então, as insinuações de que o Inter tem patrolado os adversários, enquanto o Grêmio sofre para chegar à mesma pontuação, são não menos que ridículas e expõem a falta de conhecimento sobre futebol. Basta perguntar aos sabichões de plantão se o Colorado venceria, com a mesma facilidade que venceu o Juventude, clubes como o VEC, Santa Cruz e Caxias, por exemplo. Isto sem contar os outros dois que o Grêmio ainda não enfrentou e que certamente trarão dificuldades (São José e São Luiz).

Não há como afirmar (como ouvi de alguns) que o Inter chega com favoritismo ao clássico por que vem esbanjando bom futebol enquanto o Grêmio vem tendo dificuldades para chegar à mesma pontuação.

Mas o pior de tudo é vermos a fórmula do campeonato permitir este tipo de diferença injusta. É bem provável que na fase final não estejam os 8 melhores, como deveria ser, pois possivelmente os times mais bem formados sejam 6 da chave 1 (Inter, São José, São Luiz, VEC, Caxias e Santa Cruz) e apenas 2 do grupo 2 (Grêmio e Novo Hamburgo). Mas pelo regulamento serão 4 de cada lado. É preciso repensar a estrutura do Gauchão para os próximos anos.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: