jump to navigation

Primeiras impressões da Libertadores fevereiro 26, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
trackback

Após a estreia de todos os clubes brasileiros na Libertadores 2010, gostaria de publicar um post sobre a maior competição de futebol das Américas e a impressão inicial deixada pelos brasucas.

Primeiramente o Inter que, apesar de toda a badalação em torno do time, ficou devendo na partida contra o EMELEC, em casa. Os comandados de Jorge Fossati começaram perdendo para o limitado time equatoriano e chegaram à virada somente quando o jogo já se encaminhava para o final.

Apesar de não ter jogado bem, o Internacional larga com vitória sobre aquele que, pasmem, deve ser o adversário colorado de maior qualidade na fase de grupos. A classificação para as oitavas é quase certa. Não creio, contudo, que esta equipe tenha condições de enfrentar times de maior qualidade, como Flamengo por exemplo, da mesma forma como enfrentou os equatorianos.

Aproveitando o gancho, falemos do Mengão. O time do técnico Andrade, atual campeão brasileiro, mostrou a que veio na Libertadores 2010. Venceu por 2 a 0, no Maracanã, o Universidad Católica do Chile com boa atuação, mesmo com um homem a menos desde 3 minutos de jogo, devido à expulsão do Willians. É, na minha opinião, um dos mais fortes candidatos ao título por enquanto.

O São Paulo, que havia vencido a primeira partida,  hoje sofreu com a derrota de virada por 2 a 1 diante do velho trauma tricolor, o Once Caldas da Colômbia. Os colombianos, em 2004, eliminaram o SPFC da competição. Acho que aquele Tricolor vencedor desta primeira década do século 21 está de fato enfrentando a curva inevitável de declínio. Não creio em vida fácil para o clube na Libertadores, nem mesmo na primeira fase.

Já o Cruzeiro, que também jogou duas partidas, fez o inverso do São Paulo. Estreiou perdendo, para vencer esta semana o Colo Colo, por 4 a 1, em Belo Horizonte. O placar dilatado, contudo, não reflete a realidade da maior parte do jogo. A Raposa só conseguiu deslanchar na metade do segundo tempo com as expulsões do Colo Colo. O próprio técnico, Adilson Batista, é quem diz que a goleada não pode iludir. Além disso, a chave dos mineiros é uma das mais complicadas e o Vélez Sarsfield deve classificar-se em primeiro, restando a dúvida de quem ficará com a segunda vaga.

Filial do Grêmio

O Corinthians de Mano Menezes, Tcheco, Ronaldo, Roberto Carlos e companhia, também penou para virar por 2 a 1 em cima do Racing do Uruguai, em pleno Pacaembú. O destaque foi Elias que marcou os dois gols corinthianos. Mas ficará marcada na cabeça dos torcedores a jogada de extrema categoria de Tcheco, ao deixar Elias completamente pifado no primeiro gol com um passe de letra na entrada da área.

Assisti ao jogo todo e me dei conta de que assim como o Grêmio 2010 tem uma célula são paulina em seu plantel, o Corinthians tem uma forte célula gremista. São eles: o técnico Mano, o zagueiro William, o lateral direito Alessandro e o meia Tcheco. Talvez por isso o Corinthians esteja mais simpático para mim.

De qualquer maneira, a leitura que faço é que o time colocado em campo nesta quarta precisa entrosamento. Tem peças de extrema qualidade individual, mas Mano precisa os colocar para jogar. Os jogadores disponíveis do meio para a frente no plantel do Corinthians dão inveja a qualquer time brasileiro (Tcheco, Elias, Jorge Henrique, Dentinho, Iarley, Defederico, Ronaldo e Danilo). Podem se revezar pefeitamente, desde que tenham ritmo de jogo.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: