jump to navigation

O regulamento absurdo da Libertadores agosto 6, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
trackback

O Inter acabou de se classificar para a final da Libertadores da América 2010, mesmo perdendo por 2 a 1 para o São Paulo, por causa do gol qualificado que, na minha opinião, não deveria existir. Afinal de contas, qual a diferença prática em fazer um gol fora de casa? Nenhuma.

Mas nesta edição da competição, por exemplo, o Inter passou por Banfield, Estudiantes e São Paulo com a mesma pontuação e saldo que os adversários na disputa de ida e volta. A diferença foi o absurdo saldo qualificado que a Conmebol e a CBF aplicam em suas Copas (Libertadores, Sul Americana e Copa do Brasil).

O correto, ou pelo menos o mais justo, seria o Inter ter disputado as vagas para as quartas, semifinal e final nos pênaltis, já que não fez mais do que conseguir o mesmo resultado que seus adversários, porém com um gol marcado fora.

Em 2008, ano em que o Inter foi campeão da Sul Americana, os colorados passaram pelo Grêmio na competição também por causa do mesmo regulamento, com dois empates. A diferença foi que o empate no Olímpico teve mais gols.

E reitero que não sou apenas eu quem diz que não há diferença em fazer gol em casa ou fora. Os próprios jogadores profissionais, técnicos e cronistas esportivos garantem que as dificuldades para fazer gol, seja em casa ou fora dela são as mesmas.

Então, amigos, acho que está mais que na hora dos dirigentes da Conmebol e da CBF repensarem estes regulamentos para evitar injustiças como a deste ano, onde o Inter avançou nas últimas três fases apenas com o regulamento embaixo do braço, mas com a mesma pontuação e saldo dos adversários (Banfield, Estudiantes e São Paulo).

Por ora, temos que nos resignar e ver um time que não consegue obter diferença alguma sobre seus adversários passar adiante, apenas por conta de um regulamento absurdo.

Anúncios

Comentários»

1. Ricardo - abril 14, 2011

Chora na cama que é lugar quente!

eduardotrindade - dezembro 2, 2010

Obrigado pelo comentário, Rogério.
Mas assim como respondi a meu amigo Roca, mais abaixo, preciso te lembrar que não havia o saldo qualificado na época. Então, o 6 a 1 para o Palmeiras levaria aos pênaltis, sim. É justamente este o tema do post. Na época, era muito mais difícil, pois não bastava fazer gol fora para mudar o saldo de gol, que na época era simples.
Obrigado,
Abs
Eduardo Trindade

2. Rogerio - dezembro 1, 2010

Eduardo Trindade, discordo só de um item do teu post: se o Palmeiras fizesse o 6×1, não haveriam penaltis, pois o Grêmio passaria igualmente pelo gol fora de casa, ou seja, saldo qualificado. Para haver penaltis, tem que haver dois resultados iguais, como o Palmeiras devolver os 5×0 no Parque Antárctica. Entendido? Abraço!

3. A regra do gol qualificado « Eduardo Trindade online - agosto 6, 2010

[…] da América, Real Madrid, saldo qualificado, UEFA Champions League trackback Em complemento ao post anterior, fiz questão de procurar mais alguns detalhes sobre o regulamento. Primeiramente, cabe lembrar que […]

eduardotrindade - agosto 6, 2010

Fala meu grande camarada!

Primeiramente obrigado pelo comentário. Receber um comentário de um Editor do clicEsportes é uma grande satisfação pra mim e uma HONRA para este blog.

Mas me permito te corrigir. O 5 a 0 e 5 a 1 de Grêmio e Palmeiras não foi saldo qualificado, pois na época a regra não era essa. Este foi um caso de SALDO SIMPLES. O Grêmio terminou a disputa com saldo maior que o Palmeiras que levou 6 ao todo e fez 5. Tanto que, na ocasião, se o Palmeiras fizesse o 6º gol, teríamos pênaltis. Me lembro muito bem deste sufoco. Ou seja 6 a 1 e 5 a 0 seriam a mesma coisa na ocasião.

Neste caso é óbvio que um dos times foi superior, porque terminou a disputa com um gol a mais de saldo REAL.

Mas concordo contigo que não podemos dizer o mesmo do Gauchão que o Mano levou em cima do Inter, pq na ocasião foram dois empates só que com mais gols no Beira Rio, o que favoreceu o Grêmio. Neste caso o regulamento também foi errado, na minha opinião, pois ambos conquistaram os mesmos pontos e ficaram com o mesmo saldo de gols. Novamente uma injustiça (desta vez a favor do Grêmio).

Como podes ver, não acho que seja ruim só quando o Inter se beneficia. A grande questão é que NUNCA NA HISTÓRIA, um time tinha avançado TRÊS fases consecutivas da Libertadores da América por causa deste item do regulamento.

Este ano, o Inter não conseguiu ser melhor (no sentido literal) que Banfield, Estudiantes e SPFC, mas mesmo tendo os mesmos pontos na disputa ida e volta e o mesmo saldo, avançou nas três ocasiões apenas por ter mais gols marcados fora de casa, mesmo ficando com o mesmo saldo de gols que os adversários.

É por isso que eu gostaria de ver a Conmebol e a CBF mudarem este regulamento nas competições sul americanas e na Copa do Brasil. Se não me engano, na Europa não funciona assim.

Mas é isso aí, parabéns ao Inter que vai avançado com o livrinho do regulamento embaixo do braço, mesmo sem conseguir ser melhor que os adversários.

Grande abraço meu caro Roca!!

Eduardo

4. André Roca - agosto 6, 2010

Amigo Eduardo, satisfação!

Acho justo o gol qualificado. O time teve competência para marcar fora, situação em que, normalmente, os donos da casa levam ampla vantagem.

E isso não é de hoje, nem o Inter é o único a se beneficiar pelo regulamento. Em 2006, o Grêmio foi campeão gaúcho em cima do Inter por causa do gol qualificado. Em 1995, foi um gol de Jardel que garantiu a classificação do Grêmio às semifinais da Libertadores em cima do Palmeiras depois de um 5 a 0 em casa e 5 a 1 fora.

Em 1994, teve um Bahia 5×4 Inter, na Fonte Nova, em que o Inter também avançou pelo gol qualificado, perdendo na fase seguinte para o Ceará por causa do… gol qualificado.

Faz parte do jogo. Dá emoção. E, por enquanto, é algo do regulamento.

Abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: