jump to navigation

O chute jornalístico na era do imediatismo julho 5, 2011

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Sei que alguns vão me odiar por esse post, como de praxe. Mas preciso registrar meu repúdio a um fato lamentável que ocorreu na semana passada e que, pela pouca repercussão negativa, provavelmente tenha passado despercebido pela grande maioria do público leitor. E, o pior, tudo porque um “grande nome” do jornalismo esportivo gaúcho não respeitou uma regra básica do bom jornalismo: a apuração concreta dos fatos antes de sua publicação.

Na quinta feira, dia 30 de junho, o jornalista Luiz Zini Pires, colunista de Zero Hora, deu como certa a contratação de Cuca como o novo técnico do Grêmio (reprodução ao lado). Segundo Zini, o presidente Paulo Odone havia decidido passar por cima de tudo e de todos e teria definido a contratação do técnico na madrugada de quinta. O jornalista figurou o dia inteiro entre os trends do Twitter, e o Brasil inteiro fez uso de sua certeza para embarcar no “furo”. Neste caso um “furo furado”.

Em seguida, o jornalista Eduardo Cecconi do globoesporte.com, este sim como manda o manual de qualquer bom jornalista, foi checar a informação com o próprio Cuca e recebeu como resposta um não, em alto e bom tom. Bastou para que o discurso da certeza de Cuca no Tricolor, que Zini havia espalhado, começasse a afundar. Cheguei a publicar um post, ironicamente, sob o título: Cuca é o novo técnico do Grêmio (ou não).

No mesmo dia, Zini resolveu tentar “corrigir” seu erro publicando um post dizendo que Antônio Vicente Martins não havia aceitado Cuca no Grêmio. Uma contradição, pois fora ele mesmo quem, no post anterior, havia afirmado que Odone cansara de esperar por uma atitude do diretor de futebol e, por isso, teria batido o martelo com Cuca sem nem ouvir o que Vicente Martins pensava sobre a contratação.

Então, na virada de sexta para sábado, duas jovens jornalistas do Diário Gaúcho (Christiane Matos e Mariana Mondini) deram aquele que viria a ser o verdadeiro furo: Julinho Camargo seria o novo técnico do Grêmio. Desta vez, tudo como manda o manual. Fontes certas, confirmadas e checadas. Nada de imediatismo infundado. Parabéns às gurias do Diário, que foram perfeitas e não apenas deram a notícia antes de todos, mas acima de tudo deram a notícia correta. E ainda foram prudentes usando na manchete um “deve ser o novo técnico do Grêmio”.

Claro que a repercussão em cima deste tropeço de Zini foi mínima. A imagem do responsável pela coluna Bola Dividida de Zero Hora deve permanecer imaculada, inabalada. E quanto antes todo mundo esquecer que ele havia colocado Cuca no Grêmio, melhor. Mas eu me recuso a esquecer dos ensinamentos de Pedro Luiz Osório, um dos melhores professores que tive no curso de jornalismo da Unisinos. Pedro sempre deixou claro que o furo pode ser fatal para um jornalista se a informação não for checada com precisão. Melhor perder o furo apurando os fatos do que dar uma notícia furada.

Infelizmente neste caso não foi assim, e o mais lamentável disso tudo é que não vimos sequer um post do Zini pedindo desculpas aos leitores por seu post leviano e infundado. O que ele fez foi fazer de conta que não foi com ele, e seguiu a vida como se nada tivesse acontecido. Espero, pelo menos, que seus superiores o tenham chamado a atenção.

Afinal, não é possível que o bom jornalismo ainda deixe espaço para chutes como este, simplesmente porque vivemos na era do imediatismo, pois se bons jornalistas como Eduardo Cecconi, Mariana Mondini e Christiane Matos conseguem apurar as informações antes de publicar seus posts, a regra deveria ser seguidas por todos, principalmente por nomes consagrados que ainda se dão ao direito de chamar seus críticos de desinformados.

É preciso saber aceitar críticas! junho 26, 2011

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Me revolta constatar que jornalistas responsáveis pelo conteúdo em grandes veículos de comunicação online ainda não tenham aprendido a receber bem as críticas de seu público leitor.

Como jornalista, e tendo feito meu TC sobre o poder dos blogs e redes sociais e suas influências nos grandes meios de comunicação, não posso deixar passar o que aconteceu ontem sem recorrer, mais uma vez, à mídia blogueira, ao Twitter e Facebook para expor o ocorrido.

Em meu post de ontem (depois de muito tempo sem postar) critiquei uma manchete do clicEsportes (onde trabalhei como repórter freela por dois meses no ano passado) por considerar que o texto da mesma induzia seus leitores a um engano.

Tanto eu tinha razão que, minutos após publicar o post com a crítica e fazer sua divulgação através do Twitter e Facebook (onde os editores e repórteres do site me acompanhavam), a manchete foi alterada de forma a acabar com a dubiedade nela exposta anteriormente e por mim criticada (ver reprodução ao lado com destaque e vermelho).

Até aí, tudo dentro da mais perfeita normalidade. O que aconteceu na sequência é o que considero lamentável, sob qualquer ponto de vista. Hoje pela manhã, ao abrir meu Facebook, percebi que tinha um amigo a menos. Fui ao Twitter e, também lá, um seguidor a menos.

A questão é que não é sempre que se recebe um “unfriend” ou “unfollow”, então foi fácil deduzir, pelo que eu havia publicado ontem, quem decidiu não ser mais meu “amigo” e “seguidor”, possivelmente por ter sentido-se ofendido (sem razão) com minha postura de ombudsman.

Dito e feito, foi só dar um search no nome do editor do clicEsportes que eu imaginava ter sentido-se atacado por meu post para constatar que havia sido ele mesmo quem deixou de ser meu “amigo” e “seguidor”.

Não tenho porque divulgar o nome dele, mas tenho certeza que, através de seus colegas ele ficará sabendo deste post mesmo que não me siga mais. Só queria mesmo que editores de meios de comunicação tradicionais e conceituados, como o clicEsportes, aprendessem a receber e aceitar críticas (desde que respeitosas como fora a minha) por mais que elas não agradem. Afinal, é assim que funciona o jornalismo participativo, amigos.

Cá estou, de volta ao blog junho 29, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Depois de um tempo parado, por conta do trabalho freelance que realizei com a galera do clicEsportes no Grupo RBS, cá estou eu novamente. Do outro lado do balcão, mais uma vez. E o que é melhor, com uma penca de ideias para posts no blog. Mas, antes de mais nada, sem futuro do pretérito, porque isso é muleta pra falta de certeza, em alguns casos até necessária, mas este não é o intuito aqui.

Posso dizer que aprendi um bocado com a experiência em um veículo tão conceituado quanto o clicEsportes da RBS. E, independente de qualquer coisa, posso dizer que foi uma imensa satisfação para mim trabalhar diariamente ao lado de personalidades do jornalismo esportivo, como o Professor Ruy Carlos Ostermann, Mário Marcos, Wianey Carlet e o grande Zini. Realmente inspirador.

Bueno, para começar meu retorno ao blog, comentarei, nos próximos posts, a formação das quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, que está com cara de Copa América com as classificações de Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai. Imaginem, amigos, se acontecer de passar pelo menos três sul-americanos entre os quatro semifinalistas.

Enfim, temos muito para colocar em dia neste espaço que, como sempre digo, é seu. Por isso mesmo, desejando algum comentário específico sobre algum tema esportivo de seu interesse, é só pedir que, dentro do possível, comentarei.

Sejam bem vindos de volta ao Eduardo Trindade Online!!!

Parada temporária no blog maio 11, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo, Trabalhos Jornalismo Online.
Tags: , , , , ,
1 comment so far

Prezados leitores, é com muito orgulho que assumo, amanhã, uma vaga temporária no ClicEsportes, em substituição a um dos integrantes da editoria de esportes do ClicRBS, que sofreu uma cirurgia de joelho e se ausentará de suas funções temporariamente.

Estou realmente muito feliz por estar abrindo uma oportunidade, ainda que apenas por tempo determinado, no portal de esportes do maior grupo jornalístico do Rio Grande do Sul. 

Sempre tive em mente que, no momento de minha entrada em algum veículo de comunicação, as atividades deste blog teriam de ser reduzidas ou até mesmo interrompidas. Este é o caso agora, pelo menos durante o tempo deste trabalho.

Agradeço a todos pela audiência e pela compreensão. Até breve.

Eduardo Trindade – Jornalista

Problemas com invasão no blog abril 30, 2010

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , ,
add a comment

Prezados leitores.

Infelizmente, por motivos que desconheço e que só posso atribuir a um ato de vandalismo puro e simples, algum tecnólogo espertalhão entrou em meu blog e publicou um post sem texto, apenas com um título contendo uma palavra obscena.

O post ficou no ar por mais de 10 horas, pois foi publicado ontem à noite e só fui perceber ao postar o último texto, hoje pela manhã, sobre a vitória do Grêmio no Rio de Janeiro. A brincadeira de mau gosto já foi deletada e, obviamente, efetuei a alteração de senha para evitar outra invasão.

Para aqueles que viram o ridículo post, peço sinceras desculpas. Mesmo sendo a invasão algo que foge de nosso controle, é a imagem e credibilidade deste blog que não desejo ver maculada por este vandalismo despropositado. Aqueles que me acompanham podem ter certeza que continuarei, como sempre, tendo o maior cuidado com o conteúdo que publico.

Agradeço a compreensão.

Atenciosamente,

Eduardo Trindade

Falha absurda do ClicRBS março 22, 2009

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , ,
add a comment

Impressionante a falha jornalística imperdoável cometida, e mantida até agora por mais de 12 horas no ar sem correção, pelo site Clic RBS. A capa da seção de esportes do Portal mostra, como podemos ver abaixo, a foto do meia Roger (o camisa 10 que jogou no Grêmio em 2008) para ilustrar uma notícia sobre o possível final da carreira do zagueiro Roger (lateral do Grêmio Multi-Campeão de Felipão) por causa de uma lesão.

Foto na capa do ClicRBS Esportes mostra o MEIA Roger

Foto na capa do ClicRBS Esportes mostra o MEIA Roger

Até o momento em que escrevo este post,  11:20 de domingo, 22 de março, a capa ainda não havia sido corrigida, mas alerto que possivelmente em breve o link que coloquei acima já mostrará a foto corrigida, por isso anexei o still do site no post.

O mais incrível é que na matéria, a foto está correta, mostrando o ZAGUEIRO Roger, ainda no Fluminense. Pura falta de atenção e sincronia entre quem monta a capa e quem redige as matérias. Falha absurda do ClicRBS.

Na matéria, a foto estava correta com o ZAGUEIRO Roger

Na matéria, a foto estava correta com o ZAGUEIRO Roger

Os famigerados Sistemas de Ensino dezembro 11, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , ,
add a comment

É impressionante o que o poder econômico pode fazer até mesmo em escolas religiosas e conceituadas. Muitas redes, inclusive, estão se rendendo, de forma equivocada, aos atrativos financeiros proporcionados pelos Sistemas de Ensino. Mesmo que o critério pedagógico precise ficar em segundo, ou terceiro, plano neste processo de escolha.

Devido a meu trabalho, tenho contato diário com uma grande quantidade de professores de inglês que corroboram o que trago neste post. Posso afirmar, sem medo, que as adoções de Sistemas de Ensino não envolvem a participação do professor, pois todos os acertos são feitos, contra a vontade dos docentes, em contatos diretos com os diretores. Por mais que isso pareça “ditatorial”.

Mas isso por si só não seria tão problemático não fossem os critérios comumente utilizados para tais escolhas. Na maioria dos casos, os Sistemas “atacam” como target escolas que estejam passando por problemas financeiros, mas que tenham um número razoável de alunos. Com isso, os “lobos” vêm e oferecem o negócio da China para o diretor.

A estratégia é simples: Suponhamos que você seja o diretor de um colégio com 500 alunos, mas sua escola necessita investimentos em algumas áreas para as quais falta receita. De repente, aparece um consultor de negócios de um dos tantos Sistemas e lhe oferece um pack com todas as matérias por 500 Reais (média) por ano de custo para os pais.

Mas a grande sacada está no desconto que a editora do Sistema oferece à escola e que os pais acabam nem vendo a cor. Em média, é possível uma escola conseguir de 20 a 30% de desconto para revender diretamente aos alunos a apostila do ano.

Não é preciso ser nenhum expert em cálculos para perceber que 500 alunos comprando um apostilão de 500 Reais geram uma receita de 250 MIL Reais. Como a escola ficaria com 30%, isso significa que é possível arrecadar, com a parceria, um extra de aproximadamente 75 mil anuais. Isso com apenas 500 alunos.

Assim, usando o poder do dinheiro, é que os FAMIGERADOS SISTEMAS DE ENSINO disfarçam a parca qualidade pedagógica dos materiais, principalmente no que diz respeito à língua inglesa, e acabam invadindo escolas necessitadas. Poor teachers.

Os absurdos da LEI dezembro 5, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , ,
add a comment

Além das conhecidas facilidades para corruptos e grandes criminosos poderosos safarem-se em liberdade da maioria das roubalheiras, gráças aos desdobres da LEI, agora o Ministério Público dedica-se a interferir e fiscalizar anúncios de empregos. Mesmo que a empresa seja completamente idônea e o anúncio esteja perfeitamente ético e correto. Fiquei bastante surpreso com o caso que lhes conto a seguir.

Decidimos publicar nos classificados do jornal de maior repercussão no RS, um anúncio referente a uma vaga que estamos oferecendo para representante /promotor de vendas na empresa para a qual trabalho como gerente regional do RS e SC. Acontece que, apesar de ser uma vaga para PROMOTOR DE VENDAS, ou REP, a empresa exige FLUÊNCIA TOTAL E ABSOLUTA na língua INGLESA, inclusive com experiência como PROFESSOR.

Não por outro motivo, definimos o anúncio em INGLÊS exatamente como fizemos em outra ocasião de contratação. Porém, fomos informados que, por alterações na lei, precisaríamos, no mínimo, colocar ao final do anúncio o NOME DA VAGA em PORTUGUÊS.

E assim o fizemos, além de uma série de outras exigências, porém todas mais compreensíveis que esta, é preciso que se diga. Contudo, é realmente impressionante o fato de uma empresa, que deseja apenas pessoas completamente fluentes em inglês respondendo a seu anúncio, não poder deixar este por completo na língua exigida para a contratação.

Isto pode até parecer pouco para um post revoltado, mas este mesmo detalhe aumenta consideravelmente o número de currículos, pois vários que não tenham entendido o anúncio por completo, acabam lendo a chamada final para Representante de Vendas. Estes, por exemplo, virão na tentativa de convencer que, apesar de seu inglês intermediário, ou menos, eles têm larga experiência como representante, ou vendedor e, como viram que a vaga era pra REP sentem-se confortáveis para arriscar.

Más o pior é que tentamos explicar exatamente isso para a vendedora do anúncio, E a mesma disse que até poderia fazer, entretanto, certamente na segunda-feira teriamos um agente do MP em nossa empresa. Inacreditável.

Enfim, acho que há assuntos muito mais imperiosos para o MP se preocupar do que com este que, neste caso, não prejudica absolutamente ninguém pois estamos falando de uma empresa idônea. E, convenhamos, é muito fácil detectar a idoneidade da empresa que tenta anunciar, já que são passadas todas informações possíveis. LAMENTÁVEL!

E deu Barack Obama novembro 4, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , ,
add a comment

Ao final do dia 04 de Novembro (23:50), horário de Brasília, as previsões de vitória de Obama como o novo presidente norte americano já podem ser consideradas confirmadas. Uma virada, a essa altua do campeonato é algo impossível. E mesmo que Mc Cain ainda não tenha feito a tradicional ligação cumprimentando o novo presidente, Obama, já pode ser considerado o novo presidente dos Estados Unidos da América.

Especialistas indicam que o candidato Democrata deverá ultrapassar os 300 delegados de um total de pouco mais de 500. Ou seja, o dia 05 de Novembro amanhecerá apresentando para o mundo o novo chefe da nação norte americana, o homem considerado o mais importante do mundo. Aquele que, com alguns botões e ordens, pode destruir o planeta. Um feito e tanto para Obama. E uma certa tranqüilidade para todos nós.

Infelizmente, já ouvi de tudo um pouco com relação a estas eleições e seus resultados. Inclusive, alguns mais assustados apostam que alguém tentará assassinar o presidente, talvez antes mesmo que ele possa tomar posse. Outros apostam que, apesar de tomar posse direitinho, Barack não terá a experiência necessária para fazer o país voltar ao normal diante da enorme crise que os EUA e o mundo enfrentam.

A verdade é que, independente da qualidade futura de seu governo, Barack Obama entra para a história mundial como o primeiro negro no comando máximo da nação que mais dominou o mundo no decorrer do século XX e início do XX. E, convenhamos, para uma nacão marcada e controlada durante muito tempo pela famosa KKK, é um avanço e tanto.

É chegada a hora nos EUA novembro 3, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , ,
1 comment so far

Amanhã milhões de eleitores norte-americanos irão às urnas para escolher entre o republicano Mc Cain e o democrata Barack Obama para a sucessão de George W. Bush na Casa Branca. Confesso que já ouvi de tudo sobre os possíveis resultados das eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Particularmente acredito na vitória fácil de Obama. Sem maiores problemas. O candidato democrata lidera em 6 dos 8 principais estados e dificilmente seja ultrapassado no final. Contudo, alguns ainda acreditam no conservadorismo do povo, na hora derradeira do voto. Mesmo que em pesquisas tenham respondido que votariam em Obama.

E por mais que alguns estejam se perguntando: o que nós, no Brasil, temos a ver com a eleição dos Estados Unidos?, não é preciso ir muito longe para buscar a resposta. Há vários exemplos do quanto as escolhas e destinos dos americanos influenciam o mundo. O mais recente foi o efeito dominó mundial causado pela crise econômica dos Estados Unidos, que começou com problemas de crédito no mercado imobiliário daquele país e terminou afetando as bolsas do mundo inteiro.

Enfim, amanhã é o dia. Façam suas apostas. A minha já está feita.

Felipe Massa e o Grêmio novembro 2, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , ,
add a comment

O final do Campeonato Mundial de Fórmula 1 foi tão emocionante que teve definição apenas na última curva, literalmente. Foi então que o inglês Lewis Hamilton provou que em situações extremamente competitivas não se pode desperdiçar pontos valiosos como, por exemplo, os que a Ferrari desperdiçou na Malásia. O piloto Britânico sagrou-se Campeão Mundial de Fórmula 1, apenas um ponto à frente do brasileiro. Se este um pontinho fez falta, imaginem os 8 ou 10 que Felipe poderia ter beliscado no tal GP.

Em uma analogia com nosso Campeonato Brasileiro 2008, que também deverá se decidir na “última curva”, imperdíveis também eram a maioria dos pontos perdidos recentemente pelo Grêmio, inclusive em casa como os dois de hoje no trágico empate em 1 a 1 contra o Figueirense no estádio Olímpico. Lamentável. Posso até estar sendo pessimista demais, mas com a tabela do São Paulo pela frente, comparada com a do Tricolor Gaúcho, tenho a impressão de que a perda da liderança para o Tricolor Paulista não será mais retomada.

Na próxima rodada o time de Roth vai ao Parque Antártica enfrentar o complicado Palmeiras e, pelo histórico recente de partidas fora, comparado ainda ao excelente aproveitamento do Verdão em casa, a derrota é, infelizmente, o resultado mais provável. Enquanto isso, o time de Muricy Ramalho pega a Portuguesa no Canindé, onde o resultado mais provável, todos concordam, seja a vitória São Paulina.

Aqueles que me acompanham desde o início do Brasileirão sabem que sempre mencionei o receio pessoal de que o técnico Celso Roth não tivesse chegada. Pois a história insiste em se repetir e, ao contrário de morder a língua, como pensei por algumas vezes, infelizmente, corremos o risco de ver, mais uma vez, o técnico largar muito bem e ceder no final.

Programação em Wide Screen setembro 17, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , ,
3 comments

Quem lê o blog com freqüência sabe que 90% dos meus posts são relacionados esporte, primordialmente futebol. Só fujo da regra quando algo me chama atenção, positiva ou negativamente. Desta vez o assunto não é o futebol, mas tem relação com ele e com tudo que for passível de transmissão televisiva.

O que me surpreendeu negativamente desta vez foi a ausência total e completa de transmissões de futebol em formato Wide Screen nas emissoras de televisão. Na verdade, outros programas também são raros no formato, mesmo na SKY, por exemplo. Salvo, obviamente, alguns filmes que disponibilizam esta opção em canais específicos.

Em outras palavras, o sujeito vai à loja e compra uma TV 16:9, mas quando chega em casa, percebe que os programas em formato Wide Screen ainda são raros. Com esta constatação, compradores deste tipo de aparelho tem duas opções: ou assistem aos programas, inclusive o sagrado futebol, com a imagem estendida (onde mesmo o jogador em melhor forma se assemelhará ao Ronaldo Nazário), ou define a imagem para 4:3 e assiste à programação com duas faixas laterais que “endireitam” a imagem distorcida no formato 16:9, voltando à forma das televisões antigas para poder ver tudo sem distorção.

É parecido com o que ocorre com outro recurso destas televisões de plasma ou LCD, o HDTV. Não adianta o aparelho de TV ser compatível com a tecnologia digital, se as emissoras, com raras exceções, não transmitem nesta modalidade. A diferença é que neste caso a não transmissão é uma questão de sistema e no assunto que trago no post o problema é principalmente a captação feita para 4:3.

Se alguém souber, ou tiver percebido algo diferente do que coloco aqui, agradeço profundamente as correções, afinal a construção coletiva é uma das maiores genialidades da web. O que escrevo neste post vem apenas da constatação direta, sem uma pesquisa formal sobre o tema.

The magnificent London Eye agosto 20, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , ,
2 comments

One of the most interesting things about London, IMHO, is the mix of old and new altogether. For example in the picture, I’m delighted with both the new (LONDON EYE) and the old (LONDON’s landscape and buildings), in this case the Houses of Parliament and the Big Ben.

During the 40 minutes of “flight” in the British Airways attraction, called The London Eye, we manage to see London from a different and new perspective. All the main touristic atractions (maybe an exception is the Tower Bridge that’s isn’t quite visible from the Giant Wheel) can be seen and the pictures you manage to get from there are something else.

One of the only things that might bother when you get there is the fact that you can only manage to get on quickly if you pay almost the double of the fare in order to get on what they call the fast track. Otherwise you can get stuck in a line for about two hours before getting the chance to see all the landscapes from the London Eye. And that’s certainly something you’re not looking for when on a vacation trip.

Anyway, if you’re going to London, that’s something you shouldn’t miss, so don’t complain about buying the fast track course. The 25 pounds are completely worth it.

Vem aí um Campeão! junho 22, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Felipe Massa vence o GP da França, em Magny-Cours, e chega à liderança do Campeonato Mundial de F1 com 48 pontos. Um brasileiro finalmente volta a liderar o Mundial de Pilotos, depois de 15 anos em que isto havia acontecido pela última vez, com Ayrton Senna, em 1993. Além disso, no circuito francês, o último brasileiro que havia vencido era Nelson Piquet, em 1985.

A vitória e a regularidade de Felipe Massa podem até estar me prejudicando na emissão de minha opinião, mas, no momento, não tenho como omitir que tenho, sim, muita confiança no título de Felipe Massa. Assim, finalmente, depois do último título brasileiro, com o grande e inesquecível Ayrton Senna, parece que em 2008 teremos um outro piloto a integrar o seleto time de brasileiros Campeões Mundiais de F1 que, além de Senna, ainda conta com Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi.

É sem dúvida um dia de sonho para Massa, que agora tem duas semanas para curtir a liderança do Mundial, pensando no GP da Inglaterra no dia 6 de Julho. Parabéns Felipe Massa do Brasil!!!

Os candidatos em Porto Alegre junho 21, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Aos poucos vão se definindo as candidaturas à Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Alguns dos principais partidos da Capital Gaúcha começam a se definir para a corrida ao executivo, já a partir das convenções de amanhã.

As já previstas candidaturas de Manuela Dávila pelo PCdoB e de Luciana Genro pelo PSOL devem se confirmar neste domingo, durante as convenções dos partidos. Onyx Lorenzoni pelo DEM é outro que pode ganhar um forte apelo jovem com o vice do PP em sua chapa, o deputado Mano Changes.

Com as candidaturas acima, os eleitores ainda aguardam, principalmente, as definições de PMDB, PTB e PT, mas tudo já indica uma disputa bastante acirrada pelo Executivo em Porto Alegre. Com Maria do Rosário, possivelmente, pelo PT e, talvez o próprio Fogaça tentando a reeleição, as escolhas serão muitas.

Enfim, cabe a você definir quem será o Prefeito de Porto Alegre pelos próximos 4 anos. Portanto, pense muito bem antes de escolher seu candidato.

There goes Obama against Mc Cain junho 4, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , ,
1 comment so far

Now it’s official. Barak Obama is the democrat candidate for The USA 2008 Presidential Elections. The democrats are now willing for Senator Hillary’s support, maybe even with the former first lady, becoming Obama’s Vice-President.

There are commentaries about the problems of joining both candidates, but IMHO (in my humble opinion) I consider this joint something that can only be profitable for the democrats. I fully agree when some say that joining them would be joining both weaknesses and problems, but at the same time it would also be joining millions of votes. And that is sure a good thing against Mr. Mc Cain and the republicans.

Hillary’s answer won’t come before the weekend. Until then we can only wait and make predictions. What’s your point of view about the future of the democrats in the coming Presidential Elections?

Hamilton é líder do Mundial de F1 maio 25, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , ,
add a comment

O piloto inglês Lewis Hamilton venceu o charmoso e conturbado GP de Mônaco e assume a liderança do campeonato, com 38 pontos. Hamilton chegou a ter um pneu estourado no início da corrida, mas as decisões erradas da Ferrari nos boxes prejudicaram o piloto brasileiro Felipe Massa e facilitaram o trabalho de Hamilton.

Massa perdeu, também nos boxes, a posição para Kubica e acabou chegando, como no ano passado, na terceira posição. O Mundial de Pilotos, com os resultados de hoje, embolou definitivamente, já que o atual campeão Kimi Raikkonen não teve um dia feliz e acabou não pontuando. Kubica também encosta no pelotão de cima, chegando, aos 32 pontos com a segunda colocação na prova.

As cinco primeiras posições do campeonato, após a sexta etapa, ficaram assim:

1º Lewis Hamilton – 38 pontos

2º Kimi Raikkonen – 35 pontos

3º Felipe Massa – 34 pontos

4º Robert Kubica – 32 pontos

5º Nick Heidfeld – 20 pontos

A próxima etapa do Mundial está programada para o dia 08 de junho no Canadá. Até lá quem “canta de galo” na ponta de cima do campeonato é o inglês Lewis Hamilton da, também inglesa, McLaren.

Felipe Massa larga na frente em Mônaco maio 24, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , ,
1 comment so far

O piloto brasileiro, Felipe Massa, conquistou, na última volta, a pole position do GP de Monte Carlo, no principado de Mônaco, e coloca o Brasil novamente no centro das atenções do circuito mais charmoso do calendário. O melhor para Massa é que, com a previsão de chuva para a corrida de amanhã, as possibilidades de vitória para quem sai na frente aumentam.

Pra quem não lembra, cabe destacar que a história do circuito de rua traz o nome do tricampeão Ayrton Senna, como o “rei de Mônaco”, mas o Brasil não largava na frente nesta prova há exatos 15 anos. Em 1993, Senna fazia a última pole brasileira na prova, até então.

Nestes dois últimos dias os apaixonados pelo esporte puderam relembrar as façanhas de Ayrton Senna na pista. Ontem, Bruno Senna, sobrinho do tricampeão mundial, venceu a etapa de GP2 em Mônaco. Hoje, Felipe Massa garantiu a pole na sexta etapa do Mundial de Fórmula 1, sua 13ª na carreira.

Com uma vitória amanhã, Felipe (28 pontos) pode, inclusive, assumir a liderança do mundial de pilotos. Para que isso aconteça, basta que seu companheiro, Kimi Raikkonen (35 pontos), que larga em segundo, não marque mais de 3 pontos.

Para complicar um pouco a situação de Massa, que garante não ser fã do GP de Mônaco, as duas primeiras filas do grid de largada para a corrida colocam, mais uma vez, Ferraris e McLarens emboladas:

1º Felipe Massa (28 pts) – Ferrari

2º Kimi Raikkonen (35 pts) – Ferrari

3º Lewis Hamilton (28 pts) – McLaren

4º Heikki Kovalainen (14 pts) – McLaren

Fica a torcida brasileira por mais uma vitória de Felipe no ano, o que pode, como vemos acima, lhe colocar de forma ainda mais consistente na briga pelo campeonato.

Vitória de Massa na Turquia maio 11, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Pela terceira vez consecutiva o piloto brasileiro, Felipe Massa, venceu o GP da Turquia. Massa já é considerado o Rei de Istambul, pois são três poles e três vitórias consecutivas no circuito.

Com a vitória, Felipe chega a 28 pontos, mesma pontuação de Lewis Hamilton, que foi o segundo colocado na corrida. O brasileiro, por causa do número de vitórias maior que o do inglês, assume a segunda colocação do campeonato, atrás apenas do companheiro de Ferrari, Raikkonen, com 35 pontos, que ficou em terceiro na etapa de Istambul.

Com as pontuações de Kubica e Heidfeld (ambos BMW Sauber), que assumem a quarta e quinta posição no mundial, com 24 e 20 pontos respectivamente, o companheiro de Hamilton na McLaren, Kovalainen, estaciona nos 14 pontos e mantém a sexta posição no campeonato, porém cada vez mais distante dos líderes.

Após as cinco primeiras etapas do Mundial de Pilotos de Fórmula 1, a classificação, nas seis primeiras posições, é a seguinte:

1º – Raikkonen – 35 pontos

2º – Felipe Massa – 28 pontos (2 vitórias)

3º – Hamilton – 28 pontos (1 vitória)

4º – Kubica – 24 pontos

5º – Heidfeld – 20 pontos

6º – Kovalainen – 14 pontos

A próxima etapa do Mundial está programada para o dia 25 de Maio, no GP de Mônaco, nas ruas de Monte Carlo. Duas semanas de confiança e tranqüilidade, graças à vitória de hoje, serão importantes para o piloto brasileiro que tem como melhor resultado, no principado de Mônaco, o terceiro lugar do ano passado.

Felipe Massa é Pole na Turquia maio 10, 2008

Posted by eduardotrindade in Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

terceira Pole consecutiva

O piloto brasileiro conquistou hoje sua 12ª pole da carreira, sendo a terceira consecutiva no circuito Turco. Nos dois últimos anos, Massa não apenas largou na frente na Turquia, mas também venceu a prova. Atrás de Felipe nas primeiras filas do grid, um pelotão de peso: em segundo, Kovalainen; terceiro, Lewis Hamilton; quarto, Kimi Raikkonen; e quinto, Kubica.

Com um grid destes nas três primeiras filas, o GP da Turquia tem tudo pra incendiar ainda mais o campeonato que, hoje, nas primeiras posições, tem a seguinte classificação:

1º – Raikkonen, com 29 pontos

2º – Hamilton, com 20 pontos

3º – Kubica, com 19 pontos

4ª – Felipe Massa, com 18 pontos

5º – Heidfeld, com 16 pontos

6º – Kovalainen, com 14 pontos

Analisando a atual classificação no Mundial de Pilotos, após 4 GPs, e considerando o grid de largada da prova de amanhã, até mesmo Kovalainen, hoje 6º no Mundial, chegando em segundo ou terceiro, por exemplo, alcança os 20 pontos de Hamilton, na segunda posição do campeonato.

Felipe Massa também sabe da importância de confirmar sua terceira vitória consecutiva no GP de Istambul. Com a façanha, o piloto brasileiro iria a 28 pontos e se colocaria definitivamente na briga pelo título, principalmente se Raikkonen abocanhar poucos pontos na prova de amanhã.

O GP da Turquia é transmitido pela Rede Globo, às 9 horas deste domingo.