jump to navigation

Nem tudo é ataque com Renato dezembro 6, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Seria uma injustiça tremenda falar apenas dos números do ataque na impressionante campanha do segundo turno do Grêmio de Renato Gaúcho, sem fazer menção à segurança conquistada pela defesa por ele organizada. Por isso encerro esta série de posts em homenagem à campanha de Renato, com este post.

Analisando apenas o segundo turno, encontramos consistência defensiva e apenas duas raras derrotas. A primeira, quase inexplicável, por 2 a 1, em casa, para o Palmeiras no dia 15 de setembro. Bem no dia da festa de aniversário do clube, estragada por Felipão. A outra derrota do time de Renato no returno foi para o campeão Fluminense, por 2 a 0, no Rio de Janeiro em 28 de outubro. E foi isso.

Durante todo o segundo turno, além das duas únicas derrotas mencionadas acima, o Grêmio empatou quatro, e venceu 13 partidas, contabilizando um total de 17 vitórias ao final do campeonato. Sim, depois de conquistar míseras 4 vitórias no primeiro turno, consegue a excelente marca de 12 no returno.

E as vitórias não são mérito apenas do ataque, é bom que se diga. A defesa gremista também trabalhou de forma exemplar na reta final do Brasileirão.

Durante todo o mês de novembro (mais a última rodada, que ocorreu já em Dezembro), foram seis jogos, sendo cinco vitórias e um empate. E além do time não perder, as redes do goleiro Victor, titular da seleção de Mano Menezes, balançaram apenas duas vezes nestes seis compromissos (um gol do Ceará na goleada por 5 a 1 e o outro do Atlético PR na vitória por 3 a 1).

Mas o excelente goleiro gremista não é o único responsável pelo excelente desempenho da defesa nesta reta final. Com Paulão, o Grêmio voltou a ter um xerifão na zaga, fazendo o que zagueiro tem que fazer: afastar o perigo. Além disso, a defesa (e o ataque também) conta agora com Gabriel, lateral direito de muita qualidade, e Rochemback, que foi recuperado pelo técnico, dando consistência ao miolo defensivo do time.

Enfim, como podemos ver neste post, nem tudo é ataque no time de Renato Gaúcho.

Ofensivo também como técnico dezembro 6, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , ,
add a comment

Como escrevi no último post, pretendo escrever mais dois posts (este e mais um) com alguns números que retratam esta campanha impressionante que os comandados de Renato Portaluppi realizaram no segundo turno do Brasileirão 2010.

Ofensivo como costumava ser o técnico

O ataque gremista não produzia assim há muito tempo. Foram, ao todo, 68 gols no campeonato. Foi o melhor ataque da competição, com 3 gols a frente do Corinthians, segundo melhor.

Jonas, que chegou a ser vaiado no Olímpico, virou artilheiro do Brasileirão marcando 23 gols com a mesma camisa 7 que consagrou Renato Portaluppi na Azenha e no Mundo. Foram 6 gols a mais que o badalado Neymar no campeonato.

Segundo turno de campeão

Além dos números do ataque, é preciso ressaltar o trabalho do grupo no segundo turno. O Grêmio teve a melhor campanha do segundo turno, conquistando 43 pontos no segundo turno. Isso mesmo. O Tricolor encerrou o primeiro turno na primeira posição fora da zona do rebaixamento, com 20 pontos e chegou a 63 no final do campeonato. Impressionante.

Para termos uma ideia comparativa, o Fluminense, campeão, marcou 38 pontos no primeiro turno (18 a mais que o Grêmio) e 33 no segundo turno (10 a menos que o Grêmio). Mesmo no primeiro turno, que teve o Flu como melhor campanha, o time carioca marcou cinco pontos a menos que o time de Renato no segundo turno.

Se o Tricolor Gaúcho tivesse conquistado mais 9 pontos no primeiro turno, por exemplo, terminaria a primeira metade do campeonato, com 29 pontos, na 7ª posição. Uma campanha não mais que mediana. Mas com os 43 pontos do segundo turno, chegaria a 72 pontos e seria o campeão Brasileiro.

Não sei se algum time chegou a esta pontuação (43) em apenas um turno do Brasileirão neste formato, desde 2006, quando a quantidade de equipes foi reduzida para 20. Se alguém souber, não hesite em comentar.

De qualquer forma, o fato é que a motivação que Renato trouxe ao vestiário Tricolor mudou a equipe a ponto de fazer no segundo turno mais que o dobro de pontos do primeiro. Era um outro time aquele de Silas.

Grêmio segue invencível em casa novembro 19, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio venceu o Palmeiras por 2 a 0 no jogo de ontem à noite no estádio Olímpico. A última derrota do Tricolor em seus domínios ocorreu já faz um ano e dois meses. Desde então mantém uma invencibilidade de dar inveja, com a possibilidade de bater o recorde de vitórias como mandante no Brasileirão de pontos corridos.

É a melhor campanha dentro de casa no Brasileiro 2009 e pode ser a melhor de toda a era dos pontos corridos. O problema do Grêmio no Brasileirão deste ano foi o desempenho pífio fora do estádio Olímpico, com apenas uma vitória, contra o Náutico, um dos prováveis rebaixados. Em outras palavras, um campeão dentro de casa e um rebaixado fora dela.

O desequilíbrio entre as duas campanhas completamente distintas levou o Tricolor a uma média geral ruim, insuficiente para o G4. Tivesse ganho, pelo menos, mais duas partidas fora estaria na briga pelo grupo da Libertadores. E, convenhamos, ganhar 3 partidas fora de casa até aqui, não seria tarefa impossível.

Faltou ao Grêmio ser mais Grêmio fora do Olímpico neste campeonato. Foi preciso retornar ao comando aquele que iniciou o torneio para o time voltar ao eixo. Já há quem sugira (e não discordo plenamente) que Marcelo Rospide deva ser efetivado, a exemplo do que ocorreu com Andrade no Flamengo.

Quem sabe uma segunda vitória fora em todo o campeonato, no jogo final contra o próprio Mengão, no Maracanã, possa o ajudar neste sentido.

A verdade por enquanto é que, apesar dos tropeços longe da Azenha, em seus pagos o Grêmio segue imbatível.

Paulo Autuori não é mais técnico do Grêmio novembro 11, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Paulo Autuori confirmou as expectativas e não comanda mais a equipe do Grêmio desde já. Os petrodólares falaram mais alto e nem poderia ser diferente. Qualquer um em sã consciência aceitaria os quase 18 milhões de Reais por dois anos de contrato. Para os quatro jogos restantes no Brasileirão, o técnico volta a ser Marcelo Rospide que comandou o time durante boa parte da Libertadores 2009 e início do Campeonato Brasileiro. Para 2010, os mais cotados para comandar o time são Silas do Avaí e Adilson Batista do Cruzeiro.

Particularmente, pelo que expus no post anterior, penso que a melhor opção seria Adilson que, apesar de não ser gaúcho, tem vasta história no futebol do Rio Grande do Sul e muita ligação com o Grêmio. O treinador é até hoje chamado de Capitão América pelos gremistas, por ter sido aquele que ergueu a taça do Bicampeonato da Libertadores em 1995 no time de Felipão. Tenho certeza que com Adilson e mais umas quatro boas contratações, o Tricolor retomará sua pegada tradicional e, com ela, sua identidade inegável.

Não significa que Silas não tenha feito um bom trabalho com o Avaí. Apenas retomo o argumento de que para treinar o Grêmio, é preciso conhecer como, historicamente, joga o time. Silas talvez não tenha esta noção tão clara como o atual treinador do Cruzeiro. Adilson Batista, que já treinou o time em um dos momentos mais difíceis da história do Tricolor Gaúcho, no ano de seu segundo rebaixamento à série B, fez um excelente trabalho com o Cruzeiro e merece nova chance em Porto Alegre.

Inter é goleado no Maracanã junho 21, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

O Internacional, considerado por parte da mídia esportiva – na qual não me incluo – o melhor time do Brasil, levou 4 a 0 do Flamengo no Maracanã e completa CINCO partidas sem vencer. Duas pela Copa do Brasil (derrotas para Coritiba e Corinthians) e três no Brasileirão (empates com Cruzeiro e Vitória, derrota para Flamengo).

Gostaria de saber o que dizem agora os que tanto idolatraram o Inter por ter aplicado goleadas monumentais em times do interior do estado. Será que continuam vendo no Inter o mesmo “bicho-papão”? E como ficará o time sem seu melhor jogador, que deverá ser vendido para o Napoli?

Desde 2006 o Inter entra ano e sai ano como promessa que não sai do papel. Por mais que alguns ainda argumentem que ganhou uma Recopa em 2007 e uma Sul Americana em 2008, todos sabemos que estes não eram, nem de perto os objetivos da equipe colorada nestes anos pós mundial.

Vou um pouco além. Na minha opinião, do tão badalado elenco vermelho, apenas 4 podem ser considerados realmente diferentes. Nilmar, Guiñazu, Taison e D’Alessandro, nesta ordem de preferência. Tirando estes, os outros são jogadores que não passam do comum.

Tropeço do Grêmio no Barradão junho 1, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

A derrota por 1 a 0 para o Vitória da Bahia, com gol inesperado aos 47 minutos do segundo tempo, foi a primeira derrota do time sob o comando de Paulo Autuori. O elemento mais marcante da derrota foi a dura constatação de que a adaptação do elenco para o 4-4-2 não está rendendo os resultados esperados pelo treinador.

E não adianta tentar atribuir a derrota à ausência de Tcheco. Foi o grupo que, da maneira como vem sendo escalado, não assimilou o esquema transitório do 3-5-2 para o 4-4-2. O Inter, mesmo jogando com os reservas por causa da Copa do Brasil segue 100%. Assim não dá.

Está mais do que na hora de Autuori mudar definitivamente para o 4-4-2, sacando Rafael Marques, para a entrada de Túlio ou Orteman(eu prefiro o último), que comporia o setor de volantes com Adilson, dando aos meias mais liberdade e aproximação com o ataque.

Outra substituição importante é Fábio Santos por Jadilson. Não que o segundo seja uma sumidade na posição, mas o primeiro está muito mal e Jadílson, na minha opinião, só precisa ritmo. Acredito, ainda que a dupla Alex Mineiro e Maxi não faz tanto como faria Maxi e Herrera. Mas nisso acho difícil o treinador concordar.

Enfim, se olharmos para a situação de Palmeiras, SPFC e Cruzeiro no Brasileirão, a coisa não está tão diferente assim. O Grêmio tem uma grande prioridade neste primeiro semestre e está chegando cada vez mais perto dela. Resta torcer para que, assim que a Libertadores terminar, o Grêmio possa se reerguer rápido no Brasileiro, para não sofrer como sofreu o Fluminense ano passado.

Felipe Massa e o Grêmio novembro 2, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol, Jornalismo Participativo.
Tags: , , , , , , , , , ,
add a comment

O final do Campeonato Mundial de Fórmula 1 foi tão emocionante que teve definição apenas na última curva, literalmente. Foi então que o inglês Lewis Hamilton provou que em situações extremamente competitivas não se pode desperdiçar pontos valiosos como, por exemplo, os que a Ferrari desperdiçou na Malásia. O piloto Britânico sagrou-se Campeão Mundial de Fórmula 1, apenas um ponto à frente do brasileiro. Se este um pontinho fez falta, imaginem os 8 ou 10 que Felipe poderia ter beliscado no tal GP.

Em uma analogia com nosso Campeonato Brasileiro 2008, que também deverá se decidir na “última curva”, imperdíveis também eram a maioria dos pontos perdidos recentemente pelo Grêmio, inclusive em casa como os dois de hoje no trágico empate em 1 a 1 contra o Figueirense no estádio Olímpico. Lamentável. Posso até estar sendo pessimista demais, mas com a tabela do São Paulo pela frente, comparada com a do Tricolor Gaúcho, tenho a impressão de que a perda da liderança para o Tricolor Paulista não será mais retomada.

Na próxima rodada o time de Roth vai ao Parque Antártica enfrentar o complicado Palmeiras e, pelo histórico recente de partidas fora, comparado ainda ao excelente aproveitamento do Verdão em casa, a derrota é, infelizmente, o resultado mais provável. Enquanto isso, o time de Muricy Ramalho pega a Portuguesa no Canindé, onde o resultado mais provável, todos concordam, seja a vitória São Paulina.

Aqueles que me acompanham desde o início do Brasileirão sabem que sempre mencionei o receio pessoal de que o técnico Celso Roth não tivesse chegada. Pois a história insiste em se repetir e, ao contrário de morder a língua, como pensei por algumas vezes, infelizmente, corremos o risco de ver, mais uma vez, o técnico largar muito bem e ceder no final.

E o Grêmio mantém a liderança agosto 6, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

Apesar do resultado apertado contra o lanterna da competição, o Ipatinga, o Grêmio conseguiu mais 3 pontos no confronto de hoje à noite no estádio Olímpico e mantém a liderança absoluta do campeonato Brasileiro 2008.

Com os 38 pontos, melhor ataque e melhor defesa, o Tricolor Gaúcho poderá garantir o “titulo” de campeão do primeiro turno já nesta rodada, caso o Cruzeiro não vença o Inter no Mineirão amanhã. Uma campanha, como já disse em outros posts, impressionante e ao mesmo tempo apaixonante.

E você, torcedor gremista, vai torcer para o arqui-rival no jogo de amanhã?

O Grenal da Sul-Americana agosto 5, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

As declarações do técnico Celso Roth e do presidente Paulo Odone sobre a possível escalção de um time reserva do Grêmio para o Grenal da estréia na Copa Sul-Americana levaram a alguns comentários, na minha humilde opinião, demasiadamente apaixonados no Beira-Rio.

O principal é o de Vitório Píffero, quando diz que o Inter não precisa priorizar um ou outro campeonato. Na verdade, minha leitura, e a de muitos comentaristas também, é a de que a posição do Internacional na tabela do Brasileirão não justificaria, sob hipótese alguma, uma priorização do Campeonato Nacional em detrimento da Sul-Americana. O que, conhecidamente, não é recíproco no Grêmio, que lidera o Brasileiro e, por isso, tem fortes justificativas para preservar os principais jogadores do time titular de um desgaste desnecessário.

Neste caso, o Grêmio estaria, inteligentemente, poupando seus principais jogadores para a principal competição. Afinal o time segue na ponta da tabela e indica ter fortes chances de brigar pelo título do Brasileirão 2008 que, além de ser obviamente mais importante que a Sul-Americana, ainda leva à Libertadores.

De qualquer forma, por incrível que pareça, graças ao grupo montado no decorrer do ano pelo Tricolor, a escalação dos reservas do Grêmio para o Grenal não significaria, necessariamente, maior facilidade para o Internacional, ao contrário do que possa pensar algum torcedor ou dirigente menos informado.

A verdade é que o time chamado reserva do Tricolor, tem nomes absolutamente capazes de enfrentar em pé de igualdade qualquer time titular do Brasileirão, inclusive o Inter, 9º colocado na tabela de classificação e exatos 10 pontos atrás do líder, Grêmio.

Apenas a título de exercício, coloco aqui o que seria a minha escalação reserva para o Tricolor no Grenal do dia 13 de agosto: Marcelo Grohe, Felipe Matione, Jean, Thiego e Helder; Amaral, Makelele, Orteman e Souza; Soares (André Luís) e Reinaldo. Caso o técnico Roth prefira não atuar no esquema 4-4-2, como acima sugerido e sim no 3-5-2, como vem atuando, seria preciso utilizar apenas um dos zagueiros titulares para compor os três da zaga, sacando Makelele ou Amaral da meia cancha.

Cabe notar ainda que, na minha opinião, os jogadores destacados em negrito teriam plenas condições de atuar no time titular (alguns de fato já o fizeram) e só estão no banco pela forma vitoriosa como vem jogando o time atualmente considerado titular. Ou seja, não tem lugar no time atual, por melhor que sejam os reservas. Enfim, alguém arrisca dizer que esta escalação do Grêmio não tem condições de enfrentar o Internacional, 9º colocado, ou qualquer outro time do Brasileirão?

Grêmio é o novo líder do Brasileirão julho 24, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
2 comments

O Grêmio esmagou o Figueirense e, finalmente, quebrou a escrita de 6 anos de derrotas para o time catarinense no Orlando Scarpelli. Com a incrível goleada por 7 a 1, aliada ao empate de ontem do Flamengo com a Portuguesa, o Tricolor Gaúcho assume a liderança do Brasileirão na 14ª rodada, confirmando a espetacular campanha com a maior goleada, a melhor defesa e o segundo melhor ataque do campeonato.

Para coroar a vitória do Grêmio, a noite foi dos atacantes. O centroavante Perea desencantou, foi um dos melhores em campo e marcou três dos sete gols gaúchos na partida, reforçando sua posição de principal goleador do time na temporada, com 14 gols. Reinaldo também marcou três e Marcel balançou as redes uma vez. 

Além da liderança do campeonato, o Grêmio abre 4 pontos de diferença para o primeiro não classificado à Libertadores 2009 e assume, definitivamente, uma das posições na briga pelo título de Campeão do Brasileirão 2008.

No próximo domingo o Tricolor pega o Palmeiras, de Wanderlei Luxemburgo, adversário direto na briga pelas primeiras posições. O jogo, no estádio Olímpico, poderá consolidar ainda mais a situação Gremista na ponta do Brasileiro.

Inter vence e encosta nos líderes julho 23, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , ,
add a comment

O Internacional venceu o São Paulo, no Beira-Rio, por 2 a 0, e encostou de vez no pelotão da ponta do campeonato. O atacante Nilmar, destaque da partida, caiu de vez nas graças do torcedor após marcar os dois gols colorados na partida.

Agora o Inter busca a manutenção da campanha que, sob o comando de Tite, apresenta rendimento parecido com o dos líderes do campeonato. Os colorados vibram, ainda, com as recentes contratações de D’Alessandro e Gustavo Nery, além da provável manutenção de Guiñazu.

Enfim, tudo indica que este Inter, de Tite, tem de fato um excelente plantel e todas as credenciais para brigar por uma das vagas na Libertadores 2009. O Colorado já é sexto colocado na tabela, com 22 pontos e tem pela frente, na próxima rodada, um dos piores times do Brasileirão 2008, o Ipatinga. Caso vença, existem grandes chances do Internacional já ingressar na zona de classificação para a Libertadores.

Grêmio vence outra no Brasileirão junho 22, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , ,
2 comments

A vitória do Grêmio por 3 a 0 sobre o Atlético Paranaense, no estádio Olímpico, coloca o Tricolor Gaúcho junto a Cruzeiro e Flamengo, no topo da tabela do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos. Com o mesmo saldo e número de vitórias do Flamengo, o Grêmio perde apenas em número de gols feitos. A campanha do time é, de fato, surpreendente no Brasileirão, e o aproveitamento do técnico Celso Roth no ano, beira os 80%, apesar das desclassificações na Copa do Brasil e Campeonato Gaúcho no primeiro semestre.

Cabe lembrar que, mantendo este percentual de aproveitamento, ou até um pouco abaixo disso, no Brasileirão, dificilmente o time não fique com o título. Afinal, 70% dos pontos disputados no Campeonato Brasileiro representam, aproximadamente, 79 pontos e isso, dado o nivelamento entre os principais times, deverá ser suficiente para o Campeão Brasileiro 2008.

Roger mostrou mais uma vez sua habilidade acima da média, além da espetacular visão de jogo. Para aumentar a euforia da torcida gremista, o Grêmio de Roger, sempre destaque, apresenta, além do futebol vitorioso visto hoje no Olímpico, a melhor campanha fora de casa também. Longe de Porto Alegre, venceu, inclusive, um dos fortes candidatos ao título, o São Paulo de Muricy Ramalho, no Morumbi. Como se não bastasse, outro ponto de destaque da campanha dos comandados de Roth é o importante posto mantido de defesa menos vasada da competição, com apenas 3 gols contra em 7 jogos disputados.

Parece que vou mesmo morder a língua com Celso Roth. Espero que sim e que, no final do ano, os gremistas todos possam me cobrar sobre as críticas que fiz contra Celso no início do Campeonato.

Grêmio na ponta da tabela junho 15, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , ,
add a comment

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Goiás, no sábado, aliada à derrota do Flamengo para o São Paulo, o Grêmio encosta no líder e, com os mesmos 13 pontos do time carioca, fica em segundo na tabela do Brasileirão, apenas por um gol no saldo. O Cruzeiro, também com a mesma pontuação, fica em terceiro.

Apesar de algumas previsões pessimistas no início do campeonato, o time treinado por Celso Roth, confirma a excelente campanha no Brasileirão e deixa a impressão de que o Grêmio pode, finalmente, aspirar por algo mais que apenas uma vaga na Libertadores da América.

Na minha opinião, qualquer time do tamanho do Grêmio, com uma arrancada com esta, não pode almejar menos que a disputa pelo título, ainda que a tendência das direções gremistas nos últimos anos tenha sido a de menosprezar a capacidade do time e colocar como objetivo, no Nacional, apenas a classificação para a Libertadores.

Grêmio vence, Inter perde junho 8, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Grêmio

Com a vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, o Tricolor Gaúcho mantém sua boa campanha no Brasileirão e termina a rodada em quarto lugar, com mesma pontuação do Náutico, terceiro colocado pelos critérios de desempate, dentro da desejada zona de classificação para a Libertadores 2009.

Os dois gols de Perea, servem para animar ainda mais o centroavante que, como ele mesmo diz, se alimenta de gols. Além dele, Roger, o camisa 10 do Grêmio, foi destaque na partida, mostrando lances de extrema habilidade e categoria, exigindo do goleiro Fernando Henrique e da defesa do Fluminense, bastante trabalho.

É claro que é muito cedo para qualquer previsão mais próxima da realidade, mas os 10 pontos conseguidos nas primeiras cinco rodadas podem fazer a diferença no somatório final e animam os torcedores, apesar da contínua desconfiança no treinador Celso Roth.

Inter

Enquanto isso, do outro lado da gangorra, o, antes favorito, Internacional amarga a 17ª posição na tabela, dentro da temível zona de rebaixamento para a Série B 2009.

Para piorar a situação dos colorados, com a permanência de Muricy no São Paulo e o alto custo de Autuori, o Inter está com dificuldades de conseguir um bom técnico que agrade os dirigentes, conselheiros e torcedores.

De qualquer forma, com o resultado de hoje (terceira derrota no Brasileirão em 5 rodadas), fica clara a necessidade de mudanças urgentes no time, passando pelo comando.

Parece que a velha gangorra do futebol gaúcho que, desde a subida do Grêmio de volta à elite no final de 2005, andava desaparecida, voltou com tudo.

Inter empata em casa maio 31, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

O Internacional empatou no Beira-Rio com o Sport Recife, em 1 a 1, e mantém-se nas posições mais inferiores da tabela, em situação desconfortável.

É bem provável, ainda, para complicar (ou melhorar) o caso do Inter, que Abel Braga abrace as propostas do Catar e deixe o comando do Inter, talvez na próxima semana.

Na minha humilde opinião o Internacional abandona a posição de um dos favoritos e passa a ter que se preocupar em sair da ponta debaixo da tabela, pois depois da conclusão da rodada o Colorado deverá estar amargando uma 14ª ou 15ª posição.

Inter perde mais uma fora de casa maio 24, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

O Internacional perdeu para o Flamengo, por 2 a 1, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2008. Foi a segunda derrota no Brasileirão (terceira consecutiva contando a derrota para o Sport pela Copa do Brasil). O Inter acumula, assim, um terrível retrospecto em jogos fora de casa, contra times da 1ª e 2ª divisões nacionais no ano e já preocupa a torcida colorada.

Em 2008, o Colorado só venceu jogos fora de casa no Gauchão e ainda assim apenas contra times que nem na segunda divisão do Brasileiro estão. O único time de, pelo menos, Série B que o Inter enfrentou no Campeonato Gaúcho foi o Juventude, perdendo os dois confrontos disputados no Alfredo Jaconi. Depois perdeu para o Paraná e Sport pela Copa do Brasil, além de Palmeiras e Flamengo (hoje) pelo Brasileirão.

A falta de regularidade do time, contudo, não chega a ser um problema para Abel, para quem a mesma aparecerá normalmente nos 35 jogos que o time tem pela frente. Penso contudo que, com o perdão da redundância, a falta de preocupação de Abel Braga deveria preocupar a direção colorada, afinal não se pode pensar que o time ganhará todas as partidas em casa, como pensa Abelão, e que, por isso, poderia perder todas fora e, ainda assim, sairia campeão.

O Inter tem pela frente, no próximo sábado, dia 31, o Sport Recife em Porto Alegre. O time pernambucano, por sua vez, tem uma decisão importante no meio da semana, pela Copa do Brasil, contra o Vasco da Gama, de quem venceu a primeira partida, no Recife, por 2 a 0 e pode perder, no Rio, por até um gol de diferença para garantir a vaga na final.

Caso o Sport se classifique para a finalíssima da Copa do Brasil, possivelmente os principais jogadores do time deverão ser poupados contra o Inter em Porto Alegre. Seria uma boa pedida para que o time de Abel possa retomar a confiança com uma vitória e, quem sabe, um placar expressivo no Beira-Rio.

O final de semana da dupla Grenal maio 19, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
3 comments

Na segunda rodada do Brasileirão 2008 a dupla Grenal não chegou às vitórias das estréias na semana passada. O Inter jogou pouco e foi derrotado em São Paulo pelo Palmeiras, por 2 a 1. Já o Grêmio, jogou bem, pelo menos até as alterações de Roth, mas parou no travessão e nas excelentes defesas do goleiro Bruno e não saiu do empate sem gols no Olímpico.

Internacional

O Inter foi a São Paulo para estreiar o time titular no Campeonato Brasileiro e manteve a terrível trajetória de 2008 em jogos fora de casa com times da primeira e segunda divisões. Este ano o time colorado perdeu todas as partidas disputadas longe do Beira-Rio, com times das Séries A e B do Brasileiro. Foram duas derrotas para o Juventude no Jaconi, uma para o Paraná em Curitiba, uma para o Sport em Recife e a última para o Palmeiras no Palestra Itália.

Além da derrota, o Inter volta com um prejuízo duplo. A perda dos volantes Edinho e Guiñazu, ambos expulsos no domingo, para o jogo contra o Flamengo no Maracanã. Com a volta de Magrão, o técnico colorado deverá compor o meio de campo com Danny Morais, Jonas, Magrão e Alex. A questão que fica é: Será o Inter capaz de alterar este quadro de derrotas fora de casa, já na partida contra o Flamengo no Maracanã?

Grêmio

O Tricolor fez uma de suas melhores partidas do ano contra o Flamengo. Parece contraditório ao analisarmos o placar de zero a zero, mas o volume de ataque do Grêmio foi muito superior ao do time carioca e as maiores chances de gol esbarram no travessão (duas vezes) e no irrepreensível goleiro Bruno.

Além das ótimas defesas do goleiro flamenguista e do travessão, o Grêmio foi prejudicado na partida com 2 pênaltis não marcados contra o rubro-negro carioca. De qualquer forma, os 4 pontos somados pelo Tricolor, tendo enfrentado dois candidatos ao título, como o São Paulo e o Flamengo, servem de motivo para empolgação da torcida.

Celso Roth

Lamentável a forma como Roth pensa o futebol para o Grêmio. O time jogava bem, era ofensivo e chegava com muito perigo ao gol adversário, até que Roth, precisando do gol por estar jogando em casa (por sinal cheia), faz substituições bem dentro do estilo que o deu a fama de retranqueiro, um dos principais motivos de sua rejeição com a torcida.

Roth tirou Roger, Soares e Perea (os três homens mais perigosos na frente) para colocar (não necessariamente nesta ordem) Jonas, Rodrigo Mendes e Makelele. Vejam bem, amigos, ele tirou dois atacantes e um meia articulador para colocar dois atacantes reservas e um VOLANTE!!! Isso jogando em casa, pressionando e podendo chegar ao gol a qualquer instante.

É impressionante. E depois a direção não entende a rejeição tácita da torcida a Celso Roth. Sou dos que acreditam que o Grêmio possa buscar, pelo menos uma vaga na Libertadores, se for ousado.  No meu entender, contudo, o técnico gremista é exatamente o oposto. O perigo é acordar tarde demais para buscar objetivos maiores.

Primeira rodada do Brasileirão 2008 maio 11, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , ,
1 comment so far

O Campeonato Brasileiro 2008 teve sua primeira rodada neste final de semana e agitou o Brasil, com confirmações, mas também com derrapadas. Alguns favoritismos deram lugar a surpresas e reforçaram a idéia, da qual sou partidário, de equilíbrio entre os principais clubes da Série A.

Não vejo, hoje, no Brasil, um time que se destaque como sendo aquele a ser batido. A paridade entre os grandes deverá ser, ao que tudo indica, o grande ingrediente desta edição do Brasileirão, diferente do ano passado, quando o São Paulo passeou.

As maiores surpresas foram a vitória do Grêmio sobre o atual campeão, São Paulo, em pleno Morumbi e a derrota do Palmeiras para o Coritiba, no Paraná. Considerando a idéia que coloco acima, de igualdade, toda e qualquer vitória poderá fazer a diferença no final, principalmente para aqueles que almejam uma vaga na Libertadores, ou mesmo o título.

A primeira rodada teve apenas dois empates. O Atlético Mineiro empatou, sem gols, com o Fluminense. Já a Portuguesa empatou em 5 a 5, com o Figueirense, no Canindé, depois de estar vencendo por 5 a 2. Com um total de 10 gols, o jogo é candidato, desde já, a partida com maior número de gols do campeonato. Os times que venceram seus compromissos nesta primeira rodada foram: Grêmio, Coritiba, Cruzeiro, Botafogo, InterFlamengo, Atlético PR e Náutico.

De qualquer forma, em um campeonato longo e por pontos corridos, não é possível afirmar absolutamente nada sobre as possibilidades dos times, antes das 10 primeiras rodadas. Enquanto isso, tudo não passa de especulação.

Grêmio vence no Morumbi maio 10, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
1 comment so far

O que parecia improvável aconteceu. O Grêmio foi ao Morumbi, enfrentar o atual Bi-Campeão Brasileiro, São Paulo, na estréia do Brasileirão 2008, e voltou com os três primeiros pontos da caminhada Tricolor no Campeonato. Importante, contudo, que a vitória, por 1 a 0 com gol de Pereira, de cabeça, em bola parada, não engane a diretoria gremista. Celso Roth não tem o apoio da torcida e, se analisarmos o jogo, a vitória não foi nenhum mérito exclusivo do treinador.

O próximo compromisso do Grêmio é no dia 18, domingo, no estádio Olímpico, diante de sua torcida, contra o Flamengo. Mesmo com a vitória de hoje, creio que o ideal para o time gaúcho seria entrar em campo, na próxima semana, já sob outro comando para enfrentar o rubro-negro carioca em Porto Alegre. Desta forma, Paulo Odone e André Krieger atenderiam os clamores da torcida e ainda dariam ao time alguma chance de brigar por uma vaga na Libertadores. Se não mudarem o treinador, o primeiro tropeço trará a cobrança de volta com tudo.

E reitero o que já tenho dito em outros posts. O problema do Tricolor Gaúcho não é plantel. Em comparação com a maioria dos times da série A, a equipe do Grêmio tem condições, com poucos reforços, já anunciados ou especulados, de disputar as primeiras posições do campeonato. O problema é comando. Espero estar redondamente enganado, e vir aqui mesmo, daqui a algumas rodadas para me retratar com o treinador gremista, mas penso que com Celso Roth o segundo semestre gremista será parecido com o primeiro, apesar da vitória importante de hoje.

A estréia do Grêmio no Brasileirão maio 10, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio estréia hoje pelo Campeonato Brasileiro 2008, no Morumbi, contra o atual campeão (foto), São Paulo. Tarefa difícil para Celso Roth que tem a missão de vencer ou, pelo menos, não perder, para tentar manter-se no cargo de técnico do Tricolor Gaúcho. O treinador gremista optou por entrar em campo com o 3-5-2 e a seguinte escalação: Victor; Leo, Pereira e Réver; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, Rafael Carioca, Roger e Helder; Soares (Rodrigo Mendes) e Perea.

O mais impressionante é que grande parte da torcida gremista, argumenta que, por ser um jogo fora, torce para uma derrota contundente, pois só assim Roth cairia e abriria caminho para uma mudança de atitude e organização técnica e tática do plantel que, apesar dos tropeços do primeiro semestre, não é tão ruim quanto parece, ainda mais com as chegadas de Tcheco e quem sabe algum outro nome de peso.

Outro grupo de torcedores, contudo, argumenta que independente do técnico, o Grêmio não pode perder para o São Paulo, já que o clube paulista dá mostras constantes de soberba e desprezo pelo Tricolor dos Pampas. Uma vitória no Morumbi, ajudaria, segundo este segmento da torcida, a “baixar a bola” de Juvenal Juvêncio, Marco Aurélio Cunha e Muricy Ramalho.

Analisando a situação, concluo que, mais do que nunca, o Grêmio precisa do apoio e re-unificação de sua torcida, mas parece que, para que isso aconteça, o atual técnico tem que sair. A massa Tricolor, não dará seu voto de confiança a Celso Roth. E sem isso, será muito difícil trabalhar com a tranqüilidade que o time precisa para reafirmar sua condição de grande clube que é.

A SPORTV transmite São Paulo e Grêmio ao vivo, exceto para Minas Gerais e São Paulo, às 18:10.