jump to navigation

Renato pede demissão do Grêmio junho 30, 2011

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Renato Gaúcho, maior ídolo da história do Grêmio, pediu para sair do comando técnico do time, ontem, após o vexame do empate heroico contra um limitado Avaí em pleno estádio Olímpico. Apesar dos ataques de muitos torcedores contra Renato, não vejo sua saída neste momento como a solução para os problemas gremistas.

O treinador tem lá seus problemas, principalmente com relação a algumas preferências discutíveis dentro do plantel já limitado que tinha em mãos, mas todos tem. E depois de uma campanha como a do ano passado, tirando o clube da incômoda zona do rebaixamento e levando, em pouco mais de um turno, o time para a Libertadores com a melhor capanha de um turno na era dos pontos corridos, não posso concordar com aqueles que insistem em queimar o cara pelo início turbulento no Campeonato Brasileiro.

Principalmente porque este time que vem jogando não é o mesmo que passará a jogar nas próximas semanas, com os retornos de jogadores importantes que estavam lesionados e a inclusão dos contratados. O novo técnico, que deve ser Cuca, terá em mãos reforços que Renato não teve até agora e qualquer comparação será, no mínimo, injusta.

Mas pior que isso é ler que Celso Roth foi cogitado porque conta com a admiração do presidente Paulo Odone. Ainda que seja apenas uma especulação, o simples fato de Odone ter admiração pelo trabalho de um cara que a torcida odeia e que nunca ganhou nada importante (afinal, na campanha do título do Inter na Libertadores 2010, o técnico comandou o time apenas nos quatro últimos jogos, enquanto Fossati foi o técnico em 10 partidas) é, para dizer pouco, lamentável.

Enfim, espero que um dia os cartolas do futebol brasileiro aprendam que não adianta ficar trocando de técnico como quem troca de roupa. Tenho certeza que Sir Alex Fergusson, que permanece como treinador do Manchester United há 25 anos, apesar dos vários títulos importantes neste tempo todo, também passou por temporadas ruins, mas nem por isso teve que sair.

Anúncios

O lado bom da derrota abril 6, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Pois é, nenhum gremista gostaria de ter perdido o Grenal 376 (o quarto seguido) e ficado de fora da final do Gauchão mais uma vez. Mas com a derrota para o Inter, por 2 a 1, o time foi desclassificado do Campeonato Gaúcho nas quartas de final da Taça Fábio Koff.

De qualquer forma, tenho certeza absoluta que, pelo menos por um motivo, os torcedores gostaram do ocorrido. Celso Roth foi finalmente demitido do clube para onde não deveria ter vindo pela terceira vez. O Grêmio agora busca um treinador de verdade, além de três reforços anunciados: um lateral, um meia e um atacante.

Ainda em tempo de conquistar a Libertadores da América, a direção Tricolor toma a decisão correta e, hoje, já parte para as definições com o novo técnico. Os nomes mais cotados são Geninho e Caio Júnior. Corre por fora o nome de Renato Gaúcho.

Vamos Grêmio!

A estréia do Grêmio no Brasileirão maio 10, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio estréia hoje pelo Campeonato Brasileiro 2008, no Morumbi, contra o atual campeão (foto), São Paulo. Tarefa difícil para Celso Roth que tem a missão de vencer ou, pelo menos, não perder, para tentar manter-se no cargo de técnico do Tricolor Gaúcho. O treinador gremista optou por entrar em campo com o 3-5-2 e a seguinte escalação: Victor; Leo, Pereira e Réver; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, Rafael Carioca, Roger e Helder; Soares (Rodrigo Mendes) e Perea.

O mais impressionante é que grande parte da torcida gremista, argumenta que, por ser um jogo fora, torce para uma derrota contundente, pois só assim Roth cairia e abriria caminho para uma mudança de atitude e organização técnica e tática do plantel que, apesar dos tropeços do primeiro semestre, não é tão ruim quanto parece, ainda mais com as chegadas de Tcheco e quem sabe algum outro nome de peso.

Outro grupo de torcedores, contudo, argumenta que independente do técnico, o Grêmio não pode perder para o São Paulo, já que o clube paulista dá mostras constantes de soberba e desprezo pelo Tricolor dos Pampas. Uma vitória no Morumbi, ajudaria, segundo este segmento da torcida, a “baixar a bola” de Juvenal Juvêncio, Marco Aurélio Cunha e Muricy Ramalho.

Analisando a situação, concluo que, mais do que nunca, o Grêmio precisa do apoio e re-unificação de sua torcida, mas parece que, para que isso aconteça, o atual técnico tem que sair. A massa Tricolor, não dará seu voto de confiança a Celso Roth. E sem isso, será muito difícil trabalhar com a tranqüilidade que o time precisa para reafirmar sua condição de grande clube que é.

A SPORTV transmite São Paulo e Grêmio ao vivo, exceto para Minas Gerais e São Paulo, às 18:10.