jump to navigation

O show da seleção de Mano agosto 10, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Finalmente. Depois do sofrimento que foi torcer para a seleção defensiva e sem habilidade de Dunga durante a Copa do Mundo, os brasileiros puderam se deleitar com a qualidade técnica e ofensividade da turma escolhida pelo técnico Mano Menezes.

O Brasil ganhou por 2 a 0 dos Estados Unidos em New Jersey e deu um show de belos lances, podendo ter marcado pelo menos mais dois gols em bolas que bateram na trave, além de várias belas jogadas que, por pouco, não acabaram em gol.

O primeiro gol da partida foi marcado pelo estreante Neymar, de cabeça, em cruzamento de André Santos, outro que deveria ter ido à África do Sul no lugar dos fracos laterais esquerdos de Dunga.

Pato fez o segundo em grande bola enfiada, com perfeição, por Ramires. O centroavante da nova era da seleção brasileira precisou apenas driblar, sem dificuldades, o goleiro Tim Howard para marcar o segundo gol da Era Mano na seleção brasileira.

Ganso deu elástico e botou bola na trave. Lucas melhorou a saída de bola da equipe, dando qualidade no primeiro passe do meio campo. Robinho deu experiência ao grupo e também carimbou o poste. Apesar de pouco exigido, Victor é garantia de qualidade e segurança no gol brasileiro. Enfim, as renovações foram plenamente aprovadas no primeiro desafio da Era Mano.

E o melhor de tudo é o que falou Mano ao final da partida. A maior parte do que ocorreu hoje deve-se ao talento dos jovens jogadores. O importante foi reforçar a ideia de que o Brasil precisa honrar sua tradição e jogar sempre para frente. Segundo o técnico, com mais organização e treinamento, os garotos poderão mostrar ainda mais todo seu brilho.

Valeu Mano. Agora podemos ver novamente o Brasil jogando como deve jogar sempre. De forma ofensiva, sempre em direção ao gol adversário, preocupando todo e qualquer adversário com seus abusos de qualidade. Voltou a ser fácil torcer para a seleção!

Começa o Brasileirão 2010 maio 8, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Após as definições dos confrontos das semifinais da Copa do Brasil e das quartas de final da Libertadores é a vez do Brasileirão 2010 entrar em cena. O Campeonato Brasileiro começa neste final de semana e promete, desde o início, fortes emoções e muita disputa durante as 38 rodadas. Apesar da reconhecida importância do campeonato nacional para os grandes do futebol brasileiro, Grêmio e Inter inciam o certame com foco em outras competições.

O Tricolor Gaúcho estreia no sábado, às 18:30, contra o Atlético Goianiense, em Goiás. Entretanto, os pensamentos azuis estão todos voltados para o grande jogo contra o Santos, na próxima quarta-feira no estádio Olímpico, pelas semifinais da Copa do Brasil. Nem poderia ser diferente. Pelo que vêm apresentando as duas equipes, o cruzamento entre Grêmio e os “Meninos da Vila” adquiriu caráter de final antecipada. Por isso, o técnico Silas poupará 4 titulares em Goiânia (Douglas, Jonas, Borges e Mário Fernandes).

Do lado vermelho, os colorados estreiam contra o Cruzeiro, no domingo em Porto Alegre, pensando na Libertadores da América e no confronto da próxima quinta-feira contra o Estudiantes, pelas quartas de final da competição sul americana. O técnico Jorge Fossati será ainda mais cuidadoso e poupará, senão todos, a grande maioria dos titulares. As últimas informações da tarde desta sexta davam conta de que o Inter utilizará apenas jogadores reservas, mantendo alguns titulares no banco.

Há quem considere um erro a preservação dos atletas. Na minha opinião, times com grupos fortes, como os da dupla Grenal, podem sim usar outros atletas, preservando seus principais jogadores para os grandes compromissos do semestre. O Brasileirão é longo e qualquer tropeço inicial pode ser revertido sem maiores problemas, enquanto uma desclassificação nas semifinais da Copa do Brasil ou quartas de final da Libertadores põe fora praticamente todo o trabalho do primeiro semestre.

Noite para secar o Internacional fevereiro 23, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , ,
add a comment

A estréia do Internacional na Libertadores 2010 traz aos gremistas uma difícil, quase impossível, tarefa. Para a tristeza dos torcedores tricolores, a secação de hoje à noite sobre o Colorado não tem muita probabilidade de dar certo.

O time de Jorge Fossati enfrenta o EMELEC do Equador em pleno Beira Rio. A gana colorada pela disputa daquele que, nos sonhos vermelhos, pode ser o Bi da América, dificilmente não resultará em vitória do Inter.

Ainda assim, o recente fracasso do técnico diante do Novo Hamburgo, também azul e branco, inspira os sonhos gremistas de um resultado adverso na estréia vermelha da Libertadores 2010.

A quinta rodada do Brasileirão junho 7, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Não pretendo fazer aqui uma análise detalhada de todo o campeonato, apenas dos jogos mais interessantes da rodada, exceto o do Grêmio que já havia ocorrido na quinta e, portanto, já comentado.

Após o término da quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2009, o Inter continua liderando a tabela, mas já não é mais 100%. Com o empate em 1 a 1 contra o Cruzeiro, em Minas, o time do Técnico Tite chega aos 13 pontos e, contando a derrota para o Coritiba pela Copa do Brasil no meio da semana, já soma dois jogos sem vencer.

Em segundo, a grande surpresa do campeonato. Com a goleada de 4 a 0 sobre o Atlético PR, o Atlético Mineiro do retranqueiro “que não se deve nomear” – plagiando J.K. Rowling – chega aos 11 pontos e encosta no líder. A derrota do Furacão para o Galo causou, inclusive, mais uma demissão no campeonato. Geninho não é mais o técnico do Atlético Paranaense.

Na terceira posição, o Vitória que desperdiçou a grande oportunidade de assumir a vice liderança e encostar no Inter. No jogo contra o Palmeiras, no Parque Antártica, o domínio foi baiano. O Rubro-Negro saiu na frente e teve várias chances para matar o jogo. Contudo ora a trave, ora Marcos salvaram o Verdão.  Então veio o empate com Ortigoza aos 20 do segundo tempo. E nos descontos Maurício Ramos ainda arrancou um gol de escanteio para a virada palmeirense.

Com a vitória por 2 a 1, o Palmeiras vai a 8 pontos e assume a sexta posição que era do Grêmio no início da rodada. O Grêmio caiu para a 8ª posição, com um ponto a menos que o Porco. O outro time que passou o Tricolor Gaúcho no domingo foi o Fluminense. Os comandados de Parreira venceram o clássico contra o Botafogo no Maracanã, com um belo gol de Fred e chegou à mesma pontuação do Verdão, ficando em 7º pelo saldo de gols.

Outro jogo interessante da rodada foi o Sport e Flamengo na Ilha do Retiro. O Flamengo saiu na frente abrindo 2 gols. Mas com uma recuperação surpreendente o time de Recife conseguiu virar o jogo para 4 a 2 em apenas oito minutos. Com o resultado, os cariocas param nos 7 pontos.

Já o Sport, que tinha apenas dois pontos, conquista sua primeira vitória no Brasileirão 2009. Além dos 3 pontos e da espetacular reação do Leão da Ilha, na estreia do técnico Leão, cabe destacar o chute impressionante do Sandro Goiano de antes da linha do meio do campo e que, não fosse  a defesa do Bruno, seria o gol que Pelé não fez.

Buenas, e você o que mais gostaria de destacar da quinta rodada do Brasileirão 2009?

O Mundial de 1983 na grande tela maio 25, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
4 comments

Há quase 26 anos o Grêmio conquistava, em Tóquio, o maior título de sua história centenária. Depois de ser Campeão da América o Tricolor venceu também o Mundial Interclubes de 1983, contra o Hamburgo da Alemanha.

Os gols de Renato Portaluppi ficarão para sempre gravados na memória dos torcedores, mas nada melhor que reviver tudo isso com depoimentos dos jogadores da época e com a sempre boa produção de Carlos Gerbase.

No dia 5 de junho estréia, nos cinemas dos shoppings Moinhos e Iguatemi em Porto Alegre, o filme 1983 – O Ano Azul. Por sinal, excelente momento para um lançamento como este. Quem sabe o filme não inspira o atual grupo a façanha similar?

Paulo Autuori estreia com vitória maio 24, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
4 comments

A vitória do Grêmio sobre o Botafogo, por 2 a 0, no estádio Olímpico marcou a estreia do treinador Paulo Autuori no comando do Tricolor Gaúcho e também o início da arrancada do time no Brasileirão 2009. Apesar das poucas alterações promovidas por Auturori, já é possível perceber diferenças.

A mudança na forma de Tcheco atuar foi a mais visível interferência positiva do novo técnico. O camisa 10 jogou bem mais próximo do ataque, fazendo marcação sob pressão na saída de bola do Botafogo.

Maxi demonstrou mais uma vez que tem raça e muita qualidade. O segundo gol, por exemplo, foi uma pintura, não apenas pelo bom chute de Fábio Santos e a bela jogada inicial de Douglas Costa, mas também pelo espetacular toque de calcanhar de Maxi López que fez o papel de assistente de luxo.

No outro lado do ataque, apesar do gol de Jonas, de bico, creio que a segunda vaga do ataque gremista esteja aberta para o jogo da Libertadores nesta quarta feira contra o Caracas, na Venezuela. Até porque, apesar do pouco tempo que teve para jogar, Herrera também entrou bem no jogo.

Outra ótima notícia da tarde deste domingo foi o excelente aproveitamento do garoto Douglas Costa nos 20 minutos que teve para jogar no lugar do Souza. O garoto, sabendo da importância de impressionar o novo comandante, entrou com todo o gás e impressionou pela habilidade, participando decisivamente do segundo gol Tricolor.

Uma vitória importante que deixa o Imortal com 4 pontos no Brasileirão e embala a equipe para a primeira partida das quartas de final da Libertadores da América 2009.

Primeira rodada do Brasileirão 2009 maio 11, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
6 comments

Cabe a análise breve de alguns resultados importantes desta primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2009. Como falei sobre o empate do Grêmio no post de ontem, aqui comentarei apenas alguns outros de relevância para o decorrer do campeonato.

O tão festejado co-irmão é o primeiro. O Inter, com uma bela ajuda de Mano Menezes, conseguiu voltar do Pacaembú com os 3 pontos e o gol mais bonito da rodada. Nilmar drilou meio time e guardou sem chances para Felipe. Golaço de craque.

Ainda assim, mesmo contra um Corinthians reserva, sem OITO titulares, o Internacional teve dificuldades para fazer o que vinha fazendo com adversários menos qualificados. Talvez agora os fãs do estilinho faceiro do co-irmão vejam que não tem nada de tão diferente, em relação aos outros grandes, neste time do Inter.

O “poderoso” São Paulo começa com a primeira derrota, reforçando minha tese de curva descendente natural em qualquer time que fica muito tempo por cima. A derrota do SPFC veio justamente contra um daqueles que eu acredito que brigará pelas primeiras posições da tabela, o Fluminense de Parreira e Fred.

Já o Palmeiras de Luxemburgo demonstrou valentia e raça na virada contra o Coxa, mas para quem jogava em casa, Luxa e seus comandandos não fizeram mais que a obrigação, principalmente sendo contra o Coritiba, com todo respeito.

Enquanto isso, o campeão carioca, Flamengo, perdeu um pênalti enquanto estava zero a zero e depois levou uma sapecada de outro candidato, o campeão mineiro, Cruzeiro, que sempre vem forte no Brasileirão.Isso que os mineiros ficaram boa parte do jogo com um jogador a menos.

Uma das maiores surpresas foi o Barueri que conseguiu excelente empate contra o Sport, na Ilha do Retiro, em sua estreia na Série A. Com o resultado o time paulista ganha moral para tentar fugir de um rebaixamento logo no ano de ascensão como muitos apostam.

É, amigos, foi dada a largada e isso é só o começo. Daqui pra frente, é só decisão no Brasileirão 2009.

A estreia do Grêmio no Brasileirão maio 10, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

O Grêmio tropeça na largada do Brasileirão 2009 com o empate em 1 a 1 com o Santos em pleno estádio Olímpico lotado. O fato mais lamentável da noite foi o acovardamento de Marcelo Rospide, bem ao estilo de seu mentor Celso Roth, que levou à perda de 2 pontos importantes.

Jogando no Olímpico, empatando e com a necessidade de vencer para não perder pontos em casa na primeira rodada do Brasileirão 2009, o treinador interino decidiu sacar o atacante Jonas e colocar o volante Túlio, ainda antes da metade do segundo tempo.

Em seguida, resolve colocar Alex Mineiro e, ao invés de tirar um jogador de defesa para consertar o esquema que ficava muito defensivo (poderia ser o zagueiro Rafael Marques ou o volante Adilson), tirou o argentino Maxi López que era a jogada mais aguda do time.

Sua única boa substituição foi a entrada de Douglas Costa no lugar de Tcheco que não vinha fazendo uma grande partida. Ainda assim, na minha opinião o interino poderia ter sacado um zagueiro para dar mais ofensividade e voltar a um esquema com dois atacantes.

A partir daí o Grêmio, mesmo jogando no tão odiado 3-6-1 de Celso Roth, voltou a pressionar à frente do gol do Santos. Então, em bela jogada de Túlio para Réver, o zagueiro cortou o defensor santista que o marcava e bateu firme no canto direito do goleiro Douglas para abrir o placar.

Ainda assim, o defensivismo do esquema de Marcelo Rospide acabou por mostrar-se ineficiente, principalmente jogando em casa, e o time cedeu espaços. Acabou, recuado, fazendo a falta que daria o gol do Peixe. Molina, bateu de forma magistral e guardou no canto esquerdo de Victor para empatar o jogo.

De positivo, a grande atuação de Souza, que mostra mais uma vez que mereçe todos os esforços possíveis da direção para a renovação de seu contrato. Ainda que a pedida do PSG possa parecer alta demais. Não é, e o meia provou isso hoje, mais uma vez com suas jogadas dignas de Winning Eleven e movimentação que cansa só de olhar. Não podemos perdê-lo para o Fluminense.

De negativo a certeza de que Marcelo Rospide não pode mesmo ser treinador do Imortal, pois tem no sangue o gene da retranca, a exemplo de Celso Roth. Quero ver o que a direção vai fazer a respeito do 3-6-1 apresentado em mais da metade da etapa final. Do Roth chamaram a atenção e não o deixaram atuar desta forma no Grenal.

E agora, Krieger, como fica a cobrança pelo esquema retranqueiro com o interino? Só espero que Autuori não seja infectado com o vírus da retranca que Roth espalhou pelo estádio Olímpico por mais de um ano. Não tem sentido, estar empatando em casa e, mesmo assim, sacar um atacante para colocar um volante, principalmente quando se joga no 3-5-2.

Começa o Brasileirão 2009 maio 9, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Neste sábado começa a corrida por um dos mais parelhos Campeonatos Brasileiros desde a implantação do sistema de pontos corridos em 2003. Vários clubes entram com status de possível campeão. Listo aqui aqueles que eu acredito possam levantar o caneco. Reitero ainda que, na minha opinião, o G4 do Brasileirão 2009 será composto pelos times que aqui apresento. No máximo um intruso não esperado poderá se meter entre estes.

São Paulo – Apesar da curva em declínio que se anuncia para o poderoso SPFC, o time mais vitorioso da década no Brasil se habilita à briga por mais um título do Brasileirão. De qualquer forma, o listo aqui apenas por respeito a sua força, pois, sinceramente, não vejo o SPFC com força para levantar o quarto caneco consecutivo do Campeonato Nacional.

Basta ver que a principal contratação, Washington, chegou fazendo uma penca de gols e, do nada, parou. Além disso, o melhor do time, o volante Hernanes, está jogando deslocado. Por ser habilidoso, está cabendo ao volante a criação das jogadas do time. E, convenhamos, não foi assim que ele foi escolhido o melhor do Campeonato ano passado.

Corinthians – O Timão traz em seu retorno à Série A alguns trunfos importantes para correr atrás do título. Cito aqui o técnico Mano Menezes e o centroavante Ronaldo, além de destacar o fato do time ter sido o Campeão Paulista, invicto, passando por Palmeiras, Santos e SPFC.

Aliás, cabe lembrar que, antes dos três títulos Brasileiros do SPFC, o último clube a erguer o Brasileirão foi o próprio Corinthians, ainda na época da MSI, em 2005, com toda a polêmica que aquele Campeonato envolveu. Agora, com o Gaúcho de Venancio Aires no comando da equipe que tem ainda Ronaldo, o jogador mais brilhante do futebol brasileiro, acho que o Coringão vem para brigar forte pelo caneco.

Flamengo – Após perder a vaga para a Libertadores nas últimas rodadas do Brasileirão 2008, o Flamengo se reforçou, conquistou o Campeonato Carioca 2009 em cima do Botafogo e, para ampliar suas chances, repatriou o Imperador Adriano. Com o acerto, o centroavante, ex-Inter de Milão, recoloca o sorriso em seu rosto e, a exemplo do Fenômeno, pode voltar a ter alegrias jogando. Além disso o Flamengo tem Kléberson em excelente fase e o melhor lateral direito em atuação no país, Leo Moura.

Fluminense – Apesar do péssimo Brasileirão do ano passado, com riscos de rebaixamento até o final, o time buscou, como principais reforços, o atacante Fred e o técnico Tetra Campeão Mundial nos EUA em 94, Carlos Alberto Parreira. Para aumentar as chances no certame, trouxe de volta o meia Thiago Neves e manteve a base do time vice-campeão da Libertadores da América 2008. O maior problema do Flu, está no setor defensivo.

Palmeiras – A exemplo do ano passado, uma equipe forte. O Verdão contratou Keirrison, o grande atacante do Brasileirão passado, e apesar do apagão momentâneo do goleador, o Palmeiras espera que sua presença em campo represente os gols que representou para o Coritiba, ano passado. Diego Souza é outro que, desde que foi repatriado em 2007 pelo Grêmio, tem jogado muito.

Tem ainda Luxa no comando e, apesar de não gostar dele como técnico, não há como negar que é um profissional de chegada, como já o foi em 2008. Ainda assim, por causa de contratações como Marcão, Edmilson e Mozart, vejo o Porco como um dos times que corre por fora.

Grêmio – O Imortal Tricolor, desde seu retorno à Série A, no Brasileirão 2006, tem emendado uma série de desempenhos bastante interessantes, tendo chegado ao vice-campeonato no ano passado, deixando escapar o título nas últimas rodadas. Agora, contudo, sem o pseudo treinador, Celso Roth, no comando, é possível que a equipe volte a vencer, não apenas o primeiro turno como em 2008. O Tricolor, na minha opinião, só não deve brigar pelo título caso leve a Taça Libertadores da América.

Como destaque em relação à 2008, devemos lembrar que o time reforçou o pior setor do ano passado, o ataque, trazendo nomes como Maxi López, Herrera e Alex Mineiro, deu muito mais qualidade às alas com Ruy (ou Joilson) e Fábio Santos (ou Jadilson) e manteve a maior parte da base vice-campeã. Contudo, um dos principais jogadores do time, o meia Souza, pode estar sendo chamado de volta ao PSG da França, justamente pelo destaque obtido com o Grêmio no ano passado e no início deste.

Internacional – Apesar do sucesso da dupla Nilmar e Taison, não creio que o time tenha chegada novamente. Na verdade,  tenho a nítida impressão que o Inter será (como em 2008) a maior decepção do Brasileirão. Não é um time confiável, apesar dos resultados recentes conseguidos com times de 3ª divisão do Brasileiro. Basta lembrar que no ano passado, a equipe também iniciou o Campeonato como favorita ao título e a cada rodada fora de casa mostrava para o Brasil que não era um time confiável.

Lembremos, ainda, que há pouca diferença entre aquele time e o de hoje. Saiu o meia Alex (destaque do campeonato) para a entrada de Taison e entrou o lateral esquerdo Kleber em uma posição carente no clube. No mais, é o mesmo time que insiste com o zagueiro Bolivar na lateral direita. Talvez por isso a equipe de hoje atue “inclinada” para a esquerda, sem alternativas iguais na direita.

E você, acha que esqueci alguém? Façam suas apostas.

A goleada que não foi fevereiro 26, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , ,
add a comment

Estive no Olímpico na noite de quarta e, assim como os 33 mil torcedores presentes, tive a impressão de nunca ter visto coisa igual em toda a minha vida. O jogo era para ter acabado em uma espetacular goleada, mas pelos mais variados motivos, não passou de um frustrante zero a zero contra o Universidad do Chile. A verdadeira goleada que não foi.

O setor das cadeiras laterais com acesso no portão 12, logo acima da Geral do Grêmio, balançava com a empolgação da torcida que cantou 90 minutos sem parar. Mesmo assim, o Grêmio não conseguiu superar a barreira de até SEIS zagueiros imposta pelo visitante. E nas vezes que assim o fez, esbarrou no excelente goleiro, que também é o titular da seleção Chilena, ou na trave.

O volume de jogo apresentado pelo Grêmio não permite que ninguém duvide da capacidade deste time de ser campeão da Libertadores 2009, ainda que o empate em casa na largada seja um péssimo resultado. O Grêmio não vai passar a Libertadores inteira criando 15 chances CLARÍSSIMAS de gol sem aproveitar nenhuma. Isso não acontece toda a hora.

Ainda, se não bastasse a eficiência e sorte da defesa chilena, o árbitro errou feio quando, no segundo tempo, Jonas foi agarrado claramente dentro da área e o juíz não marcou o pênalti. Mas como diz o ditado popular: “Bola pra frente”. Todos os grande títulos do Tricolor foram contra tudo e contra todos. O Tri da Libertadores da América não poderia ser diferente.

Grêmio pega Universidad do Chile fevereiro 5, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , ,
add a comment

Mesmo com a derrota por 2 a 1 para o Pachuca do México, o Universidad do Chile se classificou para a fase de grupos da Libertadores da América e enfrenta o Grêmio na estreia do Tricolor na principal competição de futebol das Américas.

A vantagem dos chilenos veio com o gol marcado fora, já que em casa, o time havia vencido os mexicanos por 1 a 0. Para o Grêmio, independente da qualidade dos times, que são parelhos, a classifcação do Universidad foi melhor pela distância e também pela altitude que teria que jogar no México.

O Grêmio enfrenta o Universidad do Chile no dia 25 de Fevereiro, no Estádio Olímpico, com expectativa de casa completamente cheia na primeira partida da caminhada rumo ao Tri da Libertadores.

A estréia de Tite no Inter junho 14, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
1 comment so far

O técnico Tite estreiou, no Beira-Rio, com vitória de 2 a 1 sobre o Botafogo, com direito a um belo gol de Edinho, de muito longe. A partida marcou ainda a despedida do capitão Fernandão, que já não atuou, pois vai jogar no Catar, após proposta milionária. O Internacional tem agora 7 pontos e ocupa a 14ª posição na tabela do Brasileirão, abandonando, para a felicidade da torcida, a zona de rebaixamento.

Imagino, contudo, que mais do que algo que o treinador possa ter feito para alterar o time, a vitória parece apenas a confirmação de que em casa o Internacional não tem maiores problemas para vencer. O grande desafio de Tite será quebrar a terrível campanha do Inter fora de casa, este ano, com times da série A e B. Será que o treinador consegue alterar esta situação antes de perder o apoio da torcida desconfiada?

Inter estréia com vitória no Beira-Rio maio 11, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

O Internacional venceu o Vasco da Gama, por 1 a 0, em sua estréia pelo Campeonato Brasileiro 2008, no Beira-Rio. Ambas equipes pouparam titulares para seus jogos importantíssimos do meio da semana, pela Copa do Brasil, que valem vaga para as semi-finais. A curiosidade é que, caso se classifiquem, os dois times disputarão, entre si, a vaga para a final da competição, começando já na próxima semana.

A primeira partida do Inter no Brasileirão 2008 serviu, além dos 3 pontos na largada do campeonato, para a afirmação de Sidnei, que, além de autor do gol, possivelmente tenha conquistado a vaga ao lado de Sorondo para o confronto decisivo de quarta-feira, contra o Sport, na Ilha do Retiro.

Outro destaque positivo da partida foi o goleiro Renan, retornando depois de longa parada. É possível que Clemer volte ao gol colorado no Recife, para a decisão de quarta, mas não seria surpresa se o técnico Abel Braga devolvesse, já no meio da semana, o posto de arqueiro titular a Renan, de excelente atuação hoje à tarde no Beira-Rio, e que almeja vaga na seleção olímpica, mas para isso precisa jogar.

A estréia do Grêmio no Brasileirão maio 10, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio estréia hoje pelo Campeonato Brasileiro 2008, no Morumbi, contra o atual campeão (foto), São Paulo. Tarefa difícil para Celso Roth que tem a missão de vencer ou, pelo menos, não perder, para tentar manter-se no cargo de técnico do Tricolor Gaúcho. O treinador gremista optou por entrar em campo com o 3-5-2 e a seguinte escalação: Victor; Leo, Pereira e Réver; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, Rafael Carioca, Roger e Helder; Soares (Rodrigo Mendes) e Perea.

O mais impressionante é que grande parte da torcida gremista, argumenta que, por ser um jogo fora, torce para uma derrota contundente, pois só assim Roth cairia e abriria caminho para uma mudança de atitude e organização técnica e tática do plantel que, apesar dos tropeços do primeiro semestre, não é tão ruim quanto parece, ainda mais com as chegadas de Tcheco e quem sabe algum outro nome de peso.

Outro grupo de torcedores, contudo, argumenta que independente do técnico, o Grêmio não pode perder para o São Paulo, já que o clube paulista dá mostras constantes de soberba e desprezo pelo Tricolor dos Pampas. Uma vitória no Morumbi, ajudaria, segundo este segmento da torcida, a “baixar a bola” de Juvenal Juvêncio, Marco Aurélio Cunha e Muricy Ramalho.

Analisando a situação, concluo que, mais do que nunca, o Grêmio precisa do apoio e re-unificação de sua torcida, mas parece que, para que isso aconteça, o atual técnico tem que sair. A massa Tricolor, não dará seu voto de confiança a Celso Roth. E sem isso, será muito difícil trabalhar com a tranqüilidade que o time precisa para reafirmar sua condição de grande clube que é.

A SPORTV transmite São Paulo e Grêmio ao vivo, exceto para Minas Gerais e São Paulo, às 18:10.

As supresas da dupla Grenal janeiro 20, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , ,
5 comments

O final de semana de Grêmio e Inter, com as suas estréias no Gauchão 2008, surpreendeu a todos. Pena que de formas diferentes.

pico-contra-15.jpgA torcida do Grêmio, desconfiada pelo péssimo rendimento nos dois jogos-treino da pré-temporada, foi surpreendida positivamente ao ver um time, carente de talentos em várias posições, mostrar, pelo menos, empenho e velocidade na goleada de 3 a 0 sobre o XV de Campo Bom. O pequeno público presente no estádio Olímpico na tarde de sábado foi presenteado, ainda, com alguns lances destacados de qualidade técnica por parte de Anderson Pico (o mesmo que se apresentou acima do peso e foi repreendido pela equipe técnica), André Luís e Reinaldo. De qualquer forma, como bem ressaltou Vagner Mancini, o time ainda tem muito a melhorar e, se a surpresa foi positiva, é porque o futebol apresentado na pré-temporada foi realmente muito pequeno para os padrões gremistas. Para quem ainda aguarda a entrada de Roger, Júnior e Perea no time titular, além de outras contratações prometidas pela direção gremista, um ótimo começo.

inter-estreia-gauchao.jpgJá a torcida do Internacional de Porto Alegre não acreditou no que viu no estádio Presidente Vargas. O Inter de Santa Maria, jogando em casa, não permitiu que o “xará” da capital, campeão do torneio de Dubai, passasse do empate em 2 a 2. Pelo que mostrou na pré-temporada no Oriente Médio o jogo foi uma péssima surpresa para qualquer colorado. Ainda que o resultado não seja uma tragédia, a desconfiança passa a fazer parte do dia a dia alvi-rubro. Apesar das desculpas de Abel com relação ao árbitro e o calor, um mau começo pra quem esperava muito mais do grupo qualificado do Inter de POA.

Não há dúvidas que o plantel do Inter, no papel, nome por nome, é o melhor do Gauchão, mas isso não é o suficiente pra levantar o caneco. É preciso encarar com seriedade todos os jogos, por mais fáceis que possam parecer. O Campeonato Gaúcho é muuuuito mais complicado que qualquer torneio amistoso no exterior. A motivação dos times do interior contra a dupla Grenal é tão impressionante que é capaz de compensar as enormes diferenças de qualidade técnica existentes.  Ainda assim, acredito que o time do Internacional deverá subir bastante de rendimento e será um dos candidatos ao título, junto com o Grêmio, que também deverá melhorar à medida que o time, recém montado, for entrosando e os contratados forem entrando.

Melhor pra nós que poderemos, quem sabe, ter Grenal na final. Será?