jump to navigation

Grêmio é o Campeão Gaúcho 2010 maio 2, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Mesmo perdendo o Grenal 381 no estádio Olímpico, por 1 a 0, o Tricolor conquistou, na tarde deste domingo, o título de Campeão Gaúcho 2010. Uma conquista justa, pelo que o time de Silas apresentou no clássico do Beira Rio com a vitória por 2 a 0 e, principalmente, no decorrer do campeonato todo.

Mesmo assim, engana-se aquele que pensa que o título veio com a facilidade que supunham alguns antes do jogo. O Inter fez um gol logo no início com Giuliano e chegou a assustar a torcida gremista tomando conta do primeiro tempo inteiro.

Na segunda etapa, contudo, o Grêmio voltou melhor, com Hugo no lugar de Leandro e controlou os ímpetos de ataque do Inter, criando algumas chances de gol, quase todas frustradas por Pato Abbondanzieri.

No lado colorado, o destaque foi justamente o goleiro Pato. O argentino salvou o time com três boas defesas. O Inter ainda ficou com um jogador a menos no finalzinho da partida, quando Taison perdeu completamente a cabeça e agrediu Jonas com um chute por trás.

Acho importante registrar que, apesar do destaque colorado ter sido o arqueiro argentino, o time de Silas não jogou metade do que havia jogado tanto no Grenal do Beira Rio, como no Maracanã contra o Fluminense. Douglas foi bem marcado por Sandro e não conseguiu ser o cérebro do time como de costume. Neuton também não teve uma atuação tão destacada como nas duas partidas anteriores.

Além do título de Campeão Gaúcho 2010 para o Grêmio, os efeitos do Grenal 381, tanto para o Internacional como para o Tricolor, deverão se manifestar durante a semana nos compromissos de ambos na Libertadores e Copa do Brasil, respectivamente.

No Olímpico, fica a sensação de que foi-se o tempo da invencibilidade caseira do time. Em pouco tempo os comandados de Silas perderam, em casa, para Pelotas e Internacional. Importante sinal de alerta para quem vai ter que enfrentar o Fluminense pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, em Porto Alegre.

Já para o Inter fica uma amostra da dificuldade que o time enfrentará para tentar reverter, em Porto Alegre nesta quinta, a derrota de 3 a 1 para o Banfield no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores da América, na Argentina.

Anúncios

Campeonato Gaúcho em jogo maio 2, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , ,
add a comment

Daqui a pouco, às 16 horas deste domingo, Grêmio e Inter entram em campo, no estádio Olímpico, para a disputa do Grenal 381. O clássico vale a taça de Campeão Gaúcho 2010. O time comandado por Silas pode até perder por 1 a 0 que leva o caneco.

Para reverter o resultado do final de semana passado, quando o Grêmio derrotou o Internacional por 2 a 0 em pleno Beira Rio no jogo de ida, o time do técnico Jorge Fossati precisa vencer o Tricolor Gaúcho por uma diferença de mais de 2 gols.

Apesar das decisões importantes de ambos os times no meio da próxima semana (Grêmio na quarta contra o Fluminense pela Copa do Brasil, e Inter na quinta contra o Banfield pela Libertadores) os técnicos deverão optar por entrar com praticamente todo os titulares disponíveis.

No Grêmio a principal ausência fica por conta de Mário Fernandes, com lesão no ombro. Ozéia comporá a zaga com Rodrigo.

Pelo lado colorado, D’Alessandro, Nei, Sorondo e Guiñazu ficam de fora. Os possíveis substitutos são Giuliano, Bruno Silva, Fabiano Eller e Glaydson. O time de Fossati deverá entrar em campo no 4-4-2, mas um 3-5-2 ou até 3-6-1, de última hora não estão descartados.

Grêmio vence o Grenal 380 abril 25, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , ,
add a comment

Apesar das previsões da grande mídia de que o Inter venceria o clássico, por causa dos resultados do meio da semana, o Grêmio contrariou a todos e mostrou que tem força para vencer qualquer time brasileiro na atualidade. Basta jogar concentrado e realmente querer o placar.

O Tricolor foi assim hoje, na vitória por 2 a 0 contra o Internacional em pleno Beira Rio no Grenal 380. Com o resultado, o Grêmio praticamente encaminha o título, pois pode até perder por um gol no Olímpico, no próximo domingo, para levantar o caneco do gauchão 2010.

Foi um dos melhores clássicos dos últimos anos. Jogo corrido, pegado e com várias chances para ambos os lados. Os goleiros trabalharam bastante, principalmente Victor, mas o Grêmio soube proteger melhor seu gol e marcar na hora certa, com Rodrigo e Borges, ambos de cabeça em cruzamentos. Resultado justo em um jogo de alta qualidade.

Os efeitos do clássico serão diferentes, obviamente, para ambos os times. Para o Grêmio a certeza de que, se o time pode vencer o Inter no Beira Rio, pode perfeitamente vencer o Fluminense no Maracanã. Já o Inter viajará a Argentina para enfrentar o Banfield com a confiança abalada, como sempre acontece quando se perde um Grenal em casa por 2 a 0.

O Grenal 380 na final do Gauchão abril 23, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Domingo, às 16 horas, o Internacional recebe o Grêmio no estádio Beira Rio para a realização do primeiro clássico da final do Gauchão 2010. Este será o Grenal de número 380 e tem todos os ingredientes para ser uma grande partida. Só espero que os técnicos não inventem de poupar meio time por causa dos confrontos de um na Copa do Brasil e do outro na Libertadores.

O Internacional, pelo resultado de ontem contra o Deportivo Quito, entra como favorito no jogo de ida. Principalmente porque o Grêmio perdeu no meio da semana pela Copa do Brasil, jogando de forma apática e podendo ter levado uma goleada do Avaí, não fossem os milagres do goleiro Victor. Um vem embalado e o outro tem que arrumar a casa que, até pouco tempo atrás, parecia bem sólida.

Inclusive, me dou o direito de contestar aqueles que dizem que a classificação gremista para as quartas-de-final da Copa do Brasil tenha vindo exclusivamente dos pés de Fábio Rochemback. Não que o golaço de falta do volante não tenha sido salvador, mas as duas defesas milagrosas de Victor, ainda no primeiro tempo, nos obrigam a dividir os louros da classificação entre Rochemback e o arqueiro tricolor.

Assim, com base na semana de ambos, arrisco dizer que o Inter entra em campo no domingo como favorito a vencer o Grenal 380 mas, como em futebol tudo se decide dentro das quatro linhas do gramado, é sempre bom lembrar que o favorito pode tropeçar. Se é possível ter alguma certeza sobre o clássico que abre a final do Gauchão 2010, arrisco dizer que tenho convicção que veremos um belo jogo de futebol.

Gremista ou colorada? abril 23, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , ,
add a comment

A modelo Ana Paula Consorte dos Santos, 18 anos, venceu o concurso de Musa do Inter no Gauchão 2010. Moça bonita, sem dúvidas. O que espanta, contudo é que Ana Paula havia ficado em segundo lugar no concurso de Musa do Grêmio.

Apesar do que a modelo afirma no site do Inter sobre sua preferência clubística, fica a pergunta: a Musa do Internacional para o Gauchão 2010 é colorada ou gremista? Teria ela dito ser torcedora do Grêmio se tivesse ganho o concurso na Azenha?

A verdade só ela sabe. O fato é que a história servirá de combustível para os corneteiros de plantão.

Nota: Em atualização recente do caso Ana Paula Consorte dos Santos, o Internacional divulga que a moça foi desclassificada e anuncia a nova vencedora do concurso, a modelo Rafaela Ribeiro que, segundo informa o Inter “é colorada de sangue, alma e coração”.

Não deu pro Lobo Mau abril 19, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Pelotas, que vinha desbancando os favoritos na Taça Fábio Koff, perdeu para o Inter, no Beira Rio, por 3 a 2 na final da competição e, assim, o Gauchão 2010 será decidido em dois Grenais nos próximos dois finais de semana. O último, dia 02 de maio, será no Olímpico pela melhor campanha gremista.

Apesar da derrota, o Lobão quase conseguiu uma façanha memorável sobre os vermelhos. O time de Beto Almeida começou o jogo sendo pressionado de maneira que o gol colorado parecia inevitável. Contudo, apesar do grande volume de jogo do Inter, veio primeiro o gol do Pelotas, com Clodoaldo em um bonito lance de contra ataque.

O Inter sofreu com o gol e, nove minutos depois, levou outro, novamente de Clodoaldo, outra vez de contra ataque. Então, quando tudo parecia perdido para o mandante, veio o gol colorado com Bolivar, ao final do primeiro tempo, permitindo ao time de Fossati o fôlego necessário para a virada da segunda etapa.

No retorno dos vestiários, o Internacional pressionou e conseguiu chegar ao gol de empate com Edu, que havia entrado no lugar de Taison.  Então, aos 36 da segunda etapa, com D’Alessandro, que substituiu Giuliano, o Inter marcou o gol da virada histórica sobre o Pelotas e garantiu o título da Taça Fábio Koff.

Foi um domingo em que, apesar do início assustador, o Lobo Mau não conseguiu vencer o Chapeuzinho Vermelho e o time do uruguaio Jorge Fossati garantiu vaga, ao lado do Tricolor, na grande final do Gauchão 2010.

Agora, Grêmio (campeão da Fernando Carvalho) e Inter (campeão da Fábio Koff) se enfrentam em dois clássicos para decidir o título do Gauchão 2010.

Quem tem medo do Lobo mau? abril 11, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Pelotas desclassificou, na tarde deste domingo, mais um forte candidato ao título da Taça Fábio Koff . Primeiro foi o Grêmio em pleno Olímpico no meio da semana. Agora, a vítima do Lobão foi o Zequinha no Passo d’Areia.

Desta vez as coisas foram um pouco mais difíceis, afinal o Pelotas, que saiu na frente, teve que resistir de maneira heróica à pressão exercida pelo São José. Principalmente nos trinta minutos finais, quando o time de Beto Almeida ficou com dois jogadores a menos e sofreu o gol de empate.

A resistência heróica do Pelotas levou a decisão da vaga na final do segundo turno para as penalidades máximas. E foi aí que brilhou a estrela do goleiro Jonatas que defendeu duas cobranças e classificou o time da zona sul do estado para a final da Taça Fábio Koff, contra o Internacional, no Beira Rio.

Resta ver se o Inter também tem medo do Lobo mau.

Primeira semifinal definida abril 8, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Os confrontos desta quarta definiram a primeira semifinal da Taça Fábio Koff.  Foram dois jogos cheios de emoção e com muita alternância nos placares. Caxias e Ypiranga em Caxias do Sul; Novo Hamburgo e Internacional em Novo Hamburgo.

Caxias vs. Ypiranga

No estádio Centenário, o Caxias saiu perdendo por 2 a 0, mas conseguiu buscar o empate em 2 a 2 e levar a decisão para as penalidades.

Nos pênaltis, contudo, brilhou a estrela de Marcelo Pitol. O goleiro defendeu três das quatro penalidades cobradas pelo Caxias. Sendo que uma delas Pitol teve que defender duas vezes, pois o árbitro mandou voltar a cobrança.

E foi assim, com a atuação heróica de Marcelo Pitol na cobrança de pênaltis, que o Ypiranga de Erechim se classificou para a semifinal sobre o Caxias, em pleno estádio Centenário.

Novo Hamburgo vs. Inter

Na outra partida da quarta feira, o Internacional desbancou o Novo Hamburgo tmabém nos pênaltis. O Anilado saiu na frente logo aos 3 minutos em falta oriunda de falha impressionante de Pato Abbondanzieri.

Mas o time de Jorge Fossati não se assustou e deu o troco com Alecsandro logo aos sete minutos. Em seguida, Walter marca um dos gols mais bonitos de todo o campeonato. Um verdadeiro golaço para virar o jogo.

O Nóia lutou e marcou o segundo, mas o Inter, novamente com Alecsandro, fez o 3 a 2. E quando tudo parecia definido o Anilado busca, mais uma vez, o empate e consegue levar a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades, o time de Gilmar Iser tropeçou em Pato e, com um placar de 5 a 4, acabou desclassificado pelo Inter de Jorge Fossati que avança para a semifinal contra o Ypiranga.

Curiosidades da crônica esportiva abril 7, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Comparar Messi com Maradona, como fizemos no post anterior, não chega a ser um delírio. Pelo contrário, vejo como bem provável que os feitos futuros de Lionel Messi no futebol venham a ser maiores que os de Dieguito.

Mas não posso deixar de criticar comentários enganosos, principalmente quando eles vêm de pessoas conceituadas da grande mídia. Um deles, relacionado a Messi, repercutiu ontem no twitter (mesmo tendo sido postado há quase um ano) com direito a resposta quase imediata do comentarista famoso.

O colunista Wianey Carlet postou em seu blog, no dia 28 de maio do ano passado, um dos maiores absurdos da crônica esportiva gaúcha, quiçá mundial. O título da bobagem: Taison ou Messi, o futuro dirá quem foi melhor.

Empolgado com as boas atuações de Taison no Gauchão, Wianey cometeu na ocasião a atrocidade de comparar o atacante colorado e sua atuação contra o Coritiba pela Copa do Brasil, com Messi e sua maestria na final da UEFA Champions League contra o Manchester United.

Por si só, os adversários e os campeonatos já deixam claro o tamanho da bobagem proferida. Mas mesmo que os adversários fossem, ainda que minimamente, comparáveis, seria inadmissível traçar qualquer paralelo entre Messi e Taison.

Talvez por isso, em 2010, o colunista da RBS repita constantemente, desde o início da temporada, o apelido criado por ele para o Gauchão. Foi o próprio Wianey quem lançou o termo Campeonato Engana Bobo para referir-se ao Campeonato Gaúcho.

Pudera. Pelo post mencionado, é fácil perceber que ele mesmo foi o maior bobo de todos. Enganado pelo Gauchão e sua vontade de ver Taison brilhar como Messi.

Um verdadeiro disparate por mais que ele use o argumento do momento histórico, como fez no Twitter agredindo o twitteiro que lembrou o post. Desculpe, Wianey, mas não há momento histórico que amenize uma comparação destas. Nem em 10, nem em 100 anos.

Universidade complica a vida do Inter março 30, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Apesar de toda a torcida colorada a favor do São José na noite de segunda feira, o Universidade complicou as coisas para o time do Passo d’Areia e, por tabela, para o Internacional no Gauchão 2010. O time de Canoas chegou a estar vencendo, mas cedeu o empate em 2 a 2 para o Zequinha do técnico Argel, segundo colocado da chave.

Apesar do empate, o Universidade entra na última rodada da fase de classificação da Taça Fábio Koff como o quarto colocado, deixando o Inter na quinta posição da tabela e, hoje, fora da fase final.

De qualquer forma, é bem provável que o Internacional consiga reverter o quadro no próximo final de semana. O time do uruguaio Jorge Fossati enfrenta o próprio Universidade na última rodada, no Beira Rio, e depende apenas de si mesmo para garantir o 4º lugar do grupo.

Inter de olho no Universidade março 29, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Internacional vive um momento terrível no Gauchão 2010 e pode inclusive sair da zona de classificação para a fase final da Taça Fábio Koff hoje à noite. Basta que o Universidade, próximo adversário colorado no Campeonato Gaúcho, vença ou consiga um empate com gols no jogo de logo mais, contra o São José.

Em caso de derrota do Universidade, o Inter jogará no próximo final de semana por um empate contra o time de Canoas para classificar-se na quarta colocação e encaminhar o Grenal das quartas de final da Taça Fábio Koff. Caso o São José tropece, será o Universidade quem jogará por um empate no Beira Rio na última rodada do segundo turno.

Apesar da boa campanha do Zequinha do técnico Argel e das dificuldades que este deverá impor ao clube canoense, o jogo será no complexo esportivo da Ulbra e, com a possibilidade de abocanhar uma vaga, os jogadores do Universidade deverão fazer da partida uma final de Copa do Mundo. Situação complicadíssima para o Internacional. O jeito é secar.

A gangorra da dupla Grenal março 29, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio venceu mais uma no Olímpico. Desta vez contra o Esportivo de Bento Gonçalves, por 2 a 0. O Tricolor contabiliza agora nada menos que 50 partidas sem perder em sua casa. E Silas já acumula 13 vitórias consecutivas na temporada. O número impressiona qualquer fã do futebol. São 39 pontos conquistados nos últimos 39 disputados entre Gauchão e Copa do Brasil.

Na partida, que só não teve um placar mais dilatado por conta das excelentes defesas do goleiro Caio do Esportivo, Maylson, foi mais uma vez o destaque. Mas não podemos, sob hipótese alguma, esquecer do volante Willian Magrão.

Depois de muito tempo de recuperação após a cirurgia no joelho, Magrão novamente iniciou uma partida como titular e, como costumava fazer antes da lesão, jogou bem e marcou o seu. Espero que Silas veja que o meio de campo do time pode render muito mais com Willian Magrão no lugar de Ferdinando, compondo a dupla de volantes com Adilson.

A Gangorra Gaúcha

Enquanto isso, o Internacional do técnico Jorge Fossati perdeu mais uma e caiu para a quarta colocação do grupo 2 do Gauchão. Desta vez o algoz colorado foi o Caxias do técnico Julinho Camargo que venceu no estádio Centenário por 2 a 0. Com a atual classificação, com o Grêmio em primeiro do grupo 1 e o Inter em quarto no grupo 2, a dupla Grenal se encontraria já no primeiro jogo da próxima fase. Claro que, apesar da atual fase, o Inter ainda tem o jogo contra o Universidade para buscar uma vitória e evitar o confronto com o Tricolor já no início da fase final da Taça Fábio Koff.

De qualquer maneira, Fernando Carvalho e Vitório Píffero garantem que o treinador uruguaio terá outra chance no comando colorado na próxima quarta, contra o Cerro do Uruguai em Porto Alegre pela primeira fase da Libertadores 2010. Caso perca, ou empate, Jorge Fossati deverá ser demitido e o Inter verá suas chances de classificação na Libertadores da América praticamente desaparecerem.

O mais impressionante é que o resultado dos jogos contra o São José, no meio da semana, e Caxias, no domingo, não é o pior de tudo para o Inter. O time está há seis jogos sem vencer. Apesar de todas as badalações de início de temporada, os comandados de Fossati tem jogado muito pouco para quem almeja disputar o título da principal competição de futebol de clubes das Américas.

A torcida pede desesperadamente a queda do técnico, enquanto a direção insiste em manter o uruguaio, mesmo correndo riscos de desclassificação ainda na primeira fase da Libertadores 2010.

É a velha gangorra da dupla Grenal de volta à cena do futebol gaúcho.

Grêmio é lider geral do Gauchão março 26, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Com a vitória de ontem, por 2 a 1 sobre o Novo Hamburgo no estádio Olímpico, o Grêmio assume a posição de melhor campanha geral no Gauchão 2010 e, se mantiver o ritmo, garante todos os jogos da fase final em casa. Para o Tricolor, uma excelente vantagem, já que com o resultado de ontem o Grêmio acumula 49 partidas sem derrota em seus domínios. Para quem não lembra, a última derrota do time no Olímpico foi em 13 de setembro de 2008, por 2 a 1 para o Goiás, ainda sob o comando de Celso Roth. Desde então, o clube não sabe o que é perder em casa.

Afirmações Tricolores

Primeiro, a confirmação da qualidade diferenciada do meia Douglas. O ex-corinthiano assumiu a camisa 10 Tricolor e, sem cerimônia, tomou pra si o papel de cérebro articulador do time. Tem um toque rápido, é habilidoso e praticamente não erra passes. Um verdadeiro achado de Duda Kroeff e Luiz Onofre Meira.

Maylson, que entrou na equipe devido às lesões de Hugo, Leandro e Souza, deve estar garantido sua titularidade. Isso provavelmente mesmo após o retorno dos dois primeiros, o que deve ocorrer ainda em abril. O garoto é uma das grandes revelações da base e já mostrava isso na seleção brasileira sub 20 e nas categorias de base do próprio Tricolor. Com as oportunidades, está confirmando seu potencial, mesmo jogando adaptado em uma função mais ofensiva que sua original.

Outra boa notícia vem do setor defensivo e com mais um garoto da base. Com Mário Fernandes e Rodrigo o Grêmio ganhou uma zaga rápida e confiável que transmite segurança para os torcedores e colegas de time. Ainda na defesa, os laterais Edilson e Fábio Santos parecem estar, aos poucos, se encaixando no time e garantindo proteção defensiva aos zagueiros e apoio ofensivo quando necessário.

Os problemas

Apesar da 12 vitórias em sequência, e dos 49 jogos sem perder no Olímpico, continuo defendendo a idéia de que Ferdinando não deve ser o primeiro volante da equipe titular. O jogador está muito longe da qualidade técnica dos garotos da base (Willian Magrão e Fernando). Se fosse substituído por um deles, o meio campo gremista ganharia, com certeza, uma saída de bola mais qualificada para encarar os adversários mais duros que o Grêmio deverá enfrentar nas próximas fases da Copa do Brasil.

O mesmo vale para o atacante William. Ainda que seja um problema menor, já que Borges, o titular da posição, deve retornar por volta do dia 11 de abril, continuo afirmando que o centroavante, ex-Avaí, não tem muito a contribuir. Principalmente quando chegarem compromissos mais difíceis e uma marcação mais forte. Ontem ele até marcou seu gol, mas não fez muito mais que isso. Mesmo assim, Silas continuará a barrar a entrada de Mithyuê no time para manter seu protegido.

Luz vermelha para Jorge Fossati março 25, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Apesar das intenções coloradas de quebrar a série de 4 empates com uma vitória sobre o São José, ontem, no Passo d’Areia, o time do técnico Jorge Fossati, mesmo entrando com os titulares que aspiram ao título da Libertadores, levou uma chinelada do Zequinha, comandado pelo ex-zagueiro Argel. O Internacional perdeu o jogo por 3 a 0, acentuando ainda mais a crise no Beira Rio e deixando o técnico uruguaio por um fio.

Após o jogo, Fernando Carvalho fez questão de garantir a permanência do treinador para o jogo contra o Caxias no estádio Centenário no próximo domingo. Entretanto, tudo leva a crer que bastará um empate na Serra para Jorge Fossati dançar. A equipe colorada, vista no início da temporada como uma das favoritas à Libertadores, tem apresentado realmente muito pouco futebol para quem deseja vencer o principal torneio de futebol de clubes das Américas.

Só Silas não enxerga! março 4, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Talvez eu morda a língua e o técnico gremista me contrarie no sábado quando o Grêmio enfrentar, no estádio Olímpico, o Porto Alegre. Mas infelizmente tudo indica que Silas insistirá com Ferdinando, como titular. Além do volante, o atacante William, outro ex-Avaí, assusta os torcedores como substituto de Borges, lesionado.

O problema é que Silas não pretende abrir mão nem de um nem de outro. O primeiro, é titular absoluto do bom pastor. Isto apesar das visíveis (exceto para o treinador) limitações técnicas do jogador e um futebol nitidamente inferior ao de Willian Magrão, Adilson e Fernando.

Agora, não bastasse o torcedor ter que ver os três jovens que menciono acima na reserva para o excelentissimo senhor Ferdinando atuar como titular, o técnico Silas insistirá na substituição de Borges por William. Pelo que vi contra o Novo Hamburgo, no final de semana, e ontem contra o Santa Cruz, não tem como dar certo.

Que me perdoem os otimistas. O futebol do rapaz pode até ser bom para padrões do Avaí, mas não serve para o Grêmio. Infelizmente, Leandro, o atacante que poderia, com qualidade, fazer dupla com Jonas, também está lesionado e deverá voltar ainda depois de Borges.

Minha idéia seria. portanto, colocar o Tricolor em um 4-5-1 (eu já havia escrito isso logo após a lesão do camisa nove e vejo, agora, que é a mesma sugestão de Wianey Carlet e, com pequenas diferenças, a de Luiz Zini Pires).

Assim, o técnico promoveria a entrada do meia atacante Mithyuê, deixando Jonas como o homem mais agudo do ataque e revezando Douglas, Hugo e Mithyuê na segunda função do ataque.

Com Borges voltando, ainda seria preciso avaliar se quem sai é Jonas ou Miyhyuê, pois tenho a impressão que dando ritmo ao jovem atleta, este pode ser muito mais útil como segundo atacante que o (na minha opinião) limitado Jonas, por mais gols que este esteja marcando. Mas parece que Silas não enxerga assim!

As surpresas do misto do Grêmio março 4, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio venceu o Avenida em Santa Cruz, ontem à noite, pela abertura da Taça Fábio Koff (segundo turno do Gauchão) por 3 a 1 e mostrou algumas boas surpresas do time misto colocado em campo pelo técnico Silas.

O primeiro deles foi o lateral estreante, Edilson, que não apenas marcou o dele mas também deu um passe na medida para Jonas marcar o terceiro.

Rodrigo, o zagueiro, apesar de falta de entrosamento, mostrou que pode ser um bom reforço para a zaga gremista que, depois da saída de Réver, ainda procura seu xerifão.

Mário Fernandes provou que joga mais feliz na zaga que na lateral e, com entrosamento, pode sem dúvida alguma compor a zaga titular com Rodrigo, ou Rafael Marques.

Com relação aos volantes, espero que Silas tenha percebido que, com ritmo de jogo, Willian Magrão (ou Fernando) e Adilson são muito melhores que Ferdinando e Rochemback. Mas continuo apostando que o “bom pastor” manterá pelo menos o Ferdinando que ontem só não jogou porque estava suspenso.

Na frente, William é pesado, trombador, sem habilidade e não apareceu pra nada ontem. Reitero minha idéia do Grêmio atuar no 4-5-1 até que Borges retorne da lesão muscular que sofreu contra o Novo Hamburgo, afinal o reserva imediato da posição não parece ser amigo da bola como precisa para estar no Grêmio.

E, apesar do gol marcado, continuo com minhas restrições ao atacante Jonas. Na minha opinião, o atacante só marca porque o time cria bastante, pois ele continua sendo o campeão de perder lances e não tem um jogo bonito. Posso estar errado em minha visão, mas para mim sempre parece que a bola está prestes a morder o jogador.

Enfim, foi uma noite para descobrir alguns jogadores que podem ser muito úteis na corrida do Grêmio rumo ao Penta da Copa do Brasil que reinicia no dia 17, contra o Votoraty de São Paulo.

Os problemas do Grêmio março 1, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
2 comments

Apesar da conquista do título da Taça Fernando Carvalho (primeiro turno do Campeonato Gaúcho), o Grêmio segue sendo alvo de muitas críticas por parte da imprensa e setores da torcida.

Concordo com algumas destas críticas, mas não posso concordar com o pessimismo total de Wianey Carlet que, em sua coluna de ontem no blog, detona com toda e qualquer evolução que o time possa ter apresentado nos dois meses iniciais da temporada.

É óbvio que não há como mostrar evolução perdendo QUATRO de seus jogadores considerados titulares. Ainda no primeiro tempo o centroavante Borges, referência do ataque, saiu com lesão muscular e deve desfalcar o time nos próximos jogos.

Antes da partida contra o Novo Hamburgo, o Grêmio já tinha perdido nada menos que Souza, Lúcio e Leandro. É impossível, para qualquer um que conheça futebol, repor estas peças sem perder ao menos um pouco da qualidade que o time tinha com eles em campo.

Abaixo, entretanto, listo os problemas que afligem o torcedor Tricolor neste início de temporada.

Defesa que não desarma

Como falei acima, concordo plenamente que algumas das opções do treinador precisam ser repensadas urgentemente. Ferdinando não pode ser absolvido da precária condição técnica, que na minha opinião não o habilita nem mesmo ao banco gremista, por causa de um gol de falta. Ainda que este seja o gol do título.

A entrada de Magrão (ou Fernando) e Adilson neste meio de campo em substituição aos atuais dois volantes titulares (Ferdinando e Rochemback) deveria ser a prioridade máxima do técnico Silas.

Infelizmente, duvido muito que tais alterações sejam postas em prática, afinal, o limitado volante trazido do Avaí é da mais alta confiança do treinador. Talvez Adilson recupere o posto de Fábio Rochemback, mas o pior de todos deverá permanecer.

A defesa talvez melhore com uma melhor proteção dos meias defensivos, mas por enquanto representa risco constante.

Do meio pra frente as lesões incomodam

Com relação aos meia atacantes, creio que as melhores opções com as ausências de Souza e Leandro sejam mesmo Douglas e Hugo (talvez com Maylson em jogos que demandem mais marcação por parte do meio campo).

No ataque, na minha humilde opinião, outro problema. Por mais que os gols tenham saído recentemente, não vejo em Jonas as soluções para a segunda função do ataque. O atacante é limitado tecnicamente, erra muitos passes e continua perdendo inúmeros lances de ataque, ainda que compense com alguns gols, oriundos acima de tudo da garra de sempre.

Ainda no ataque, a grande perda do domingo foi o goleador Borges. William é um reserva esforçado, mas de características bem diferentes daquelas do ex-são paulino. É mais trombador e de posicionamento, mas tem muito menos velocidade e técnica. Os gols de Borges com certeza farão falta enquanto ele estiver fora.

Talvez, durante o período de recuperação do camisa 9 titular, seja melhor o técnico Silas optar por mais um jogador de meia cancha que possa se juntar ao ataque (Mithyuê pode ser boa opção), ao invés de lançar mão do ex-centroavante do Avaí.

Seria um 4-5-1 com meias que podem perfeitamente se revezar na segunda função do ataque (Hugo, Douglas e Mithyuê). Quando estiverem novamente na ponta dos cascos, prefiro mil vezes um ataque com Leandro e Borges que o atual, formado com Jonas. Ainda que muitos me considerem louco por criticar o atual camisa 7.

A casamata Tricolor

Aqui reside minha principal crítica ao Grêmio 2010. Não considero ruins as idéias de Silas a respeito de futebol e estruturação tática. Contudo, certos protecionismos, visíveis na equipe Tricolor atual, como o do volante Ferdinando, podem dar a entender que o técnico Silas está deixando sua religião ou bondade atrapalhar seu profissionalismo.

Entendo que o treinador seja eternamente grato pela dedicação de Ferdinando, que provavelmente seja da mesma igreja que o comandante, na boa campanha do Avaí no Brasileirão 2009. Mas Silas não pode querer retribuir, como um bom pastor, dando agora oportunidade no Grêmio para um jogador que, tecnicamente, não serve nem para o banco no atual grupo gremista.

É o primeiro grande problema do ano para a direção Tricolor enfrentar. Meira, Duda e sua turma não podem deixar que pratas da casa de qualidade como Fernando, Willian Magrão e Adilson, esquentem o banco para o fraco Ferdinando.

É preciso tomar alguma atitude já, antes que o Grêmio pague o preço caro de uma eliminação na Copa do Brasil, por conta da gratidão de Silas com o volante.

Grêmio é campeão do 1º turno fevereiro 28, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio venceu o Novo Hamburgo por 1 a 0 com gol de falta do contestado Ferdinando e conquistou a Taça Fernando Carvalho, troféu do primeiro turno do Capeonato Gaúcho.

O jogo foi bastante difícil para os comandados de Silas e, pelo menos por alguns momentos finais, o Grêmio chegou a sofrer pressão do Anilado que tentava o empate desesperadamente com quatro jogadores ofensivos.

De qualquer forma, as previsões negativas de Gilmar Iser para o Grêmio em casa não ocorreram e o Tricolor chega a marca recorde de 46 partidas sem perder no estádio Olímpico.

Bruxa solta na Azenha

O pior da tarde, contudo, não foi a dificuldade em vencer o time do Vale do Sinos e conquistar a taça do primeiro turno do Gauchão 2010. O mais complicado para o Tricolor foi a perda do centroavante goleador Borges.

Com a lesão do camisa 9 gremista, o Grêmio perde seu 4º titular importante em apenas dois meses de campeonato. Antes de Borges, com distensão muscular, Leandro (com o mesmo problema), Souza e Lúcio (ambos com problemas de ligamentos dos joelhos) já haviam desfalcado a equipe titular.

Tudo indica que há algo errado com a preparação física no Olímpico, ainda que o responsável por ela seja o grande preparador Paulo Paixão. Não é possível que em apenas dois meses de temporada o Grêmio perca quatro jogadores de primeira linha por lesões reincidentes (duas de joelho e duas distensões musculares). É a bruxa solta no Olímpico.

A final da Fernando Carvalho fevereiro 28, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

A taça Fernando Carvalho chega a seu jogo final, neste domingo, no estádio Olímpico na partida entre Grêmio e Novo Hamburgo. Será o enfrentamento de dois clubes do grupo 1, considerado o mais fraco do campeonato durante o primeiro turno.

Claro que não se pode esquecer da motivação e consequente energia extra com que jogarão os atletas do Anilado esta tarde na Azenha, mas não há sequer um entendedor do esporte que aposte em um favoritismo da equipe do Vale do Sinos para o jogo de logo mais.

O Grêmio deverá, por mais que enfrente dificuldades, levantar o primeiro caneco desde aquele último Gauchão, em 2007, quando o Grêmio de Mano anulou os então campeões mundiais do Beira Rio e sagrou-se campeão gaúcho.

O mais interessante é que desta vez o ex-presidente colorado, que empresta nome à taça do primeiro turno, terá que, muito possivelmente, entregar a taça com seu nome ao maior rival, o Tricolor, em pleno estádio Olímpico.

Uma espécie de vingança saudável em relação ao que passou o inesquecível presidente gremista Fábio Koff no ano passado ao entregar a taça, nomeada em sua homenagem, ao Internacional, eterno rival.

O recorde de invencibilidade

Caso vença a partida de hoje, além de ser o campeão do primeiro turno e garantir, automaticamente, vaga na final do Gauchão 2010, o Grêmio empata com o recorde de invencibilidade brasileiro, pertencente ao Inter da década de 70 (invecibilidade quebrada, justamente em um Grenal, após 46 partidas invicto em casa).

O Tricolor chegará, caso levante o caneco, a 46 partidas sem perder no seu estádio (mesmo recorde colorado). É a verdadeira comprovação tricolor da velha máxima: “Em casa, mando eu.” No caso desta confirmação, bastará apenas mais uma partida sem derrota no Olímpico para o time de Silas ultrapassar, definitivamente, um recorde que se mantém no Beira Rio por quase 35 anos.

Novo Hamburgo na Final fevereiro 21, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
2 comments

O Internacional perdeu a semifinal para o Novo Hamburgo na tarde deste domingo, por 2 a 1, em uma virada histórica do Anilado em pleno Beira Rio. Com a derrota, o Inter está fora da final da Taça Fernando Carvalho.

O técnico Jorge Fossati soltou o verbo contra a FGF, alegando que escalou reservas porque foi obrigado pelo calendário. A verdade, contudo, é que o Internacional tratou o compromisso com o Anilado com empáfia, achou que poderia se dar bem escalando reservas e pagou o preço por utilizar atletas de qualidade duvidável contra o bom time do técnico Gilmar Iser.

Independente do choro colorado, agora é a vez do Grêmio encarar o Novo Hamburgo no próximo domingo na decisão do estádio Olímpico. A partida dará ao vencedor o título de campeão da Taça Fernando Carvalho (primeiro turno do Gauchão 2010).

E apesar do desempenho impressionantemente superior dos clubes do grupo do Inter na fase classificatória, a final será realizada entre duas equipes da chave do Tricolor.