jump to navigation

Enfim uma boa formação agosto 21, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Com a lesão de Leo e a suspensão de Rafa Marques, expulso contra o Santos na Vila, o técnico Paulo Autuori dá pistas de que pode experimentar talvez uma das melhores opções de formação do meio campo gremista.

A idéia apresentada pelo técnico hoje à tarde, para enfrentar o Atlético Mineiro de Celso Roth no domingo, é formar a dupla de zaga com Réver e Mário Fernandes. A grande sacada de Autuori é, contudo, deslocar Túlio para a lateral direita ao invés de recolocar Thiego na posição.

Um meio campo com Adilson, Tcheco, Souza e Douglas Costa tem muito mais qualidade que aquele apresentado em Santos. Sem contar que Réver é muito melhor como zagueiro, assim como o garoto Mário.

Só espero que Paulo Autuori mantenha a idéia na rodada seguinte, quando o Grêmio vai ao Rio de Janeiro tentar, contra o Botafogo, a primeira vitória fora de casa neste Brasileirão 2009.

Anúncios

Celso Roth aprova 4-4-2 no Grêmio fevereiro 15, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , ,
add a comment

A escalação do Grêmio no 4-4-2 foi acelerada pela saída de Leo, que deve ocorrer ainda esta semana, e pela chegada de mais um atacante de peso para a disputa da Libertadores. A verdade é que a vitória sobre o Avenida, não tanto pelo placar de 2 a 1, mas pelo que produziu no tradicional esquema, pode ter mudado a cabeça do treinador Tricolor.

Não teria sentido, com tudo que tem à disposição, Roth, insistir no esquema com apenas um atacante. Meu medo era que, diante desta realidade, Celso optasse pelo 3-5-2, deslocando Tcheco para a segunda função do meio. Prevaleceu o bom senso e, talvez alguma pressão superior.

O Grêmio entrou sem Leo e com dois volantes fazendo a proteção dos dois zagueiros. Bem tradicional, no batido, mas efetivo 4-4-2, o time fez sua parte, pelo menos ofensivamente. Resta saber se após testar vários esquemas, Celso vai mesmo se render ao que melhor encaixa com seu atual elenco, ou vai seguir preso a suas convicções, pra não dizer teimosias.

Será que vem? Será que vale? dezembro 16, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , ,
1 comment so far

Pode ser apenas boato, muito comum nesta época no Mercado da Bola, mas a notícia é a primeira da temporada de negociações que pode agradar o torcedor Tricolor. Pelo menos por um lado. A possibilidade anunciada do clube grego Panathinaikos oferecer o atacante Souza, ex-Flamengo, Goiás e Inter, como moeda de troca para ter o zagueiro Léo, anima aqueles que sofreram com Marcel em 2008.

Se vier, é, sem dúvidas um atacante de ofício, goleador, com todas as credenciais para atuar de forma mais efetiva que os avantes do atual elenco Gremista. Mas será que vem? Será que outros clubes do Brasil, e de fora, não entrarão na disputa? Infelizmente, por falta de habilidade da diretoria, o Grêmio perdeu em 2008 todas as negociações que envolvessem interesse de outras equipes grandes do futebol nacional. Por que seria diferente em 2009?

Além disso, a outra grande questão é: Vamos dizer que o Grêmio concretize a negociação e venha Souza para a saída de Léo. Mas analisando friamente, será que vale a pena buscar um centroavante, que, apesar de bom, não é uma sumidade do futebol, às custas do desmanche da MELHOR DEFESA DO BRASILEIRÃO 2008?

Coisas que não entendo dezembro 15, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , ,
2 comments

Não consigo entender a intenção da direção Tricolor trazendo o lateral direito Ruy. É, na minha opinião, inaceitável pensar em deixar Felipe Mattione no banco para que o novo contratado atue. Principalmente porque este não é exatamente o que se possa chamar de um jogador diferenciado.

Buenas, alguns podem argumentar que o Grêmio logo venderia o camisa 2, prata da casa, e ficaria sem ala direito. Discordo novamente. Souza, se não puder ser aproveitado no meio, deu excelente resposta como ala pela direita. E depois, Ruy é tão bomo como Paulo Sérgio. Não que isso seja ruim, considero apenas que liberar um para contratar o outro seja um investimento desnecessário.

Enquanto isso as reposições para Jean e Leo na zaga não foram nem cogitadas. Tudo bem que Leo ainda não tenha ido, mas do jeito que o Grêmio precisa de dinheiro, acho muito difícil que o zagueiro não seja vendido para um dos clubes do Leste Europeu que desejam o defensor gremista.

Espero que as negociações deste ano, feitas por Krieger, não frustem tanto o torcedor quanto as do ano passado, tentadas por Paulo Pelaipe. E você, quem gostaria de ver jogando no Grêmio na Libertadores 2009?

Grêmio vence e mantém-se no G4 julho 13, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , ,
add a comment

A vitória de virada do Grêmio sobre a Portuguesa, por 2 a 1, na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2008, apesar da fraca atuação da equipe, deixa o Tricolor Gaúcho na terceira colocação, com os mesmos 21 pontos e saldo de 8 gols do segundo colocado Cruzeiro. O time de Roth perde para os mineiros apenas em número de gols feitos.

Graças ao goleiro Victor, apesar da falha primária do zagueiro Leo, que originou o gol da Portuguesa, o Grêmio mantém intacto o título de defesa menos vazada, com apenas 8 gols sofridos nas 11 rodadas. O resultado, com o bom retorno de Tcheco, que participou de um dos gols, somado às contratações de Orteman e Souza, enchem o torcedor gremista de esperanças no campeonato.

Ainda acho que o Tricolor precisa pensar em algumas posições carentes. Com a saída de Eduardo Costa, o Grêmio ainda não tem o primeiro homem de retenção. Também no ataque, o time precisa do matador, pois Marcel, apesar dos gols, não é, pelo menos na minha opinião, o camisa 9 que o Tricolor precisa e Perea ainda não conseguiu achar seu futebol sabidamente qualificado. Nas laterais, a solução pode ser caseira, com Felipe Matione pela direita e Anderson Pico, ou Bruno Teles, pela esquerda. A verdade é que os atuais alas fazem pouco ou quase nada para justificar um 3-5-2.

Exatamente por isso, considero importante destacar que, como já havia acontecido antes, quando o técnico Roth alterou, no decorrer do jogo, o esquema de 3-5-2 para 4-4-2, com a entrada de Makelele no lugar de um zagueiro, o time melhorou o domínio do meio e, conseqüentemente da partida. Tenho a impressão que, ainda mais com a entrada de Souza e Orteman no time, o Grêmio poderá compor um excelente meio-campo com apenas um volante de retenção (que poderia ser o próprio Réver jogando adiantado à frente de Leo e Pereira) e os três novos reforços na seqüência: Orteman, Tcheco e Souza.

Seja como for, com a vitória, a equipe gremista mantém-se no G4. A distância para o líder, entretanto, continua em 5 pontos e uma chuva de gols, já que o Flamengo venceu o Vasco no Marcanã por 3 a 1. Agora, além de ter que confirmar a boa campanha fora contra o Sport na Ilha do Retiro, quarta-feira, o Tricolor Gaúcho precisa torcer por alguns tropeços do Flamengo se quiser entrar na briga pela liderança e não apenas pela manutenção do time na zona de classificação para a Libertadores.

As reformulações necessárias abril 11, 2008

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , ,
add a comment

Após as desclassificações precoces, para times teoricamente menos qualificados, no Gauchão e Copa do Brasil (maiores vexames do Grêmio, desde o rebaixamento para a Série B, em 2004), o primeiro a cair foi Paulo Pelaipe. Mas tudo indica que a queda do diretor de futebol do Grêmio seja apenas o começo de uma série de mudanças necessárias para que o Tricolor Gaúcho não corra sérios riscos de rebaixamento no Campeonato Brasileiro que inicia em Maio.

O nome do técnico Tite, por exemplo, já havia sido cogitado quando Mano Menezes definiu sua saída, no final do ano passado, porém as diferenças do treinador com o ex-diretor de futebol eram imcompatíveis e Pelaipe convenceu Odone de que Mancini seria a melhor saída. A verdade é que não foi. Ou até poderia ser, mas não o deixaram mostrar. Sim, porque o técnico acabou demitido SEM DERROTAS, com aproveitamento de mais de 75% no comando do time.

Para seu lugar Pelaipe trouxe, mesmo contrariando a grande maioria da torcida gremista, o técnico Celso Roth, que acabou por desclassificar o time nas duas competições que disputava. A permanência do dirigente no comando do futebol gremista, dava sustentação ao treinador, mesmo após os resultados adversos. Agora, com sua saída, possivelmente o presidente Odone troque também a comissão técnica, começando por Roth. E sem Paulo Pelaipe no caminho, o nome de Tite parece mesmo ser o mais forte, apesar das especulações em torno do nome de Guilherme Macuglia, do Guaratinguetá, líder da fase de classificação do Paulistão.

Mas além da troca de comando, é bom que o torcedor não se iluda, contratações são imprescindíveis, até porque, com a perda de 6 milhões de Reais em receitas, por causa das desclassificações, o clube prevê a venda de Leo e Anderson Pico, dois jogadores considerados titulares no atual plantel. É bom mesmo que Odone e sua equipe utilizem o mês de férias forçadas para botar ordem na casa, pois como está, não dá pra encarar o Brasileirão 2008.