jump to navigation

Grêmio segue tentando Vitor janeiro 13, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O lateral direito Vitor, do Goiás, permanece firme e forte nos planos da direção gremista. O clube goiano propõe uma troca envolvendo Jonas, Túlio e mais 1 milhão de Reais. O Grêmio já fez sua contraproposta.

O Goiás, por acreditar no potencial do lateral direito, destaque do Brasileirão 2008, não deve fechar nada com o clube gaúcho antes do final deste mês, quando encerra a janela de transferências para a Europa.

O Tricolor é o primeiro da lista depois de encerradas as transações com a Europa. Inclusive as tentativas de contratação do atacante boliviano Marcelo Moreno (ex-Cruzeiro), hoje na Alemanha mas com passe vinculado ao Shakhtar Donetsk, já começaram. Esta contratação facilitaria o envolvimento de Jonas no negócio.

A verdade é que as contratações do Grêmio em 2010 estão sendo as melhores possíveis. Mesmo para quem, como eu, duvidava da capacidade desta direção. Com os reforços apresentados até agora, o clube já tem um excelente plantel, capaz de brigar pelos títulos que disputará no ano.

Se confirmar as negociações em andamento com Douglas (meia, ex-Corinthians), Marcelo Moreno (atacante, ex-Cruzeiro) e Vitor (lateral, Goiás) o Tricolor apresentará um elenco de dar inveja a qualquer time brasileiro, com muito boas chances em todas as competições que disputará em 2010.

Anúncios

O esboço do Grêmio para 2010 janeiro 11, 2010

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Gêmio realizou o primeiro coletivo da temporada 2010 com boas indicações do que virá a ser a equipe titular do clube para a disputa da Copa do Brasil. O técnico Silas começa o ano indicando um 4-4-2 tradicional com dois volantes, dois meias e dois atacantes. Borges foi o destaque no ataque Tricolor.

A formação titular teve alguns revezamentos, mas tudo indica que o time do Grêmio para o início do Gauchão e Copa do Brasil seja: Victor, Mário Fernandes, Maurício (Rafa Marques), Réver e Fábio Santos; Ferdinando (Túlio), Adilson (Rochemback), Hugo e Souza; Leandro e Borges.

O Tricolor segue na busca de um lateral direito e, talvez, um meia. Silas deverá contar ainda com um banco de qualidade, pois além dos que estão entre parenteses acima, na reserva, o Grêmio 2010 contará com Jonas, Maylson, Mithyuê, Willian Magrão e Lúcio.

Possivelmente a vinda de um bom lateral direito e a concretização da especulação acerca do empréstimo de Douglas (ex-Corinthians) podem incendiar a disputa por uma vaga em dois setores no Grêmio 2010.

A zaga, com o retorno de Mário Fernandes para a função de origem pela contratação de um lateral de ofício, ficaria com 4 bons zagueiros (Réver, Maurício, Rafa Marques e o próprio Mário) brigando por duas vagas.

No meio, repito, caso concretizem o empréstimo de Douglas, Silas teria de optar por deixar um dos três (Hugo, Souza e Douglas) de fora, acirrando ainda mais a disputa que tem hoje apenas os jovens Mithyuê e Maylson.

Os reforços do Grêmio setembro 4, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

O Grêmio que entra em campo neste sábado contra o Vitória no estádio Olímpico tem alguns desfalques, que em breve retornam (Victor e Maxi López são os principais), mas começa a partida com três reforços importantíssimos em posições consideradas deficitárias no primeiro turno.

Lúcio na lateral esquerda, já jogou contra o Botafogo no Engenhão no empate dramático do final de semana passado, mas entrou no segundo tempo. Sua estréia como titular neste retorno ao clube será amanhã, melhorando em muito o setor esquerdo do time.

A chegada de Fábio Rochemback trouxe vários benefícios para o Grêmio. O primeiro deles é, obviamente, a qualidade incontestável de um meio campo com Adilson, Rochemback, Tcheco e Souza, tendo ainda o garoto Douglas Costa como reserva de luxo.

Um outro poderoso benefício na contratação de Rochemback, além da marcação aguerrida e precisa do volante ex-Sporting, Middlesbrough, Barcelona e Inter, é seu ótimo chute de longa distância. Seus mísseis tornam-se uma arma poderosa a mais no repertório de batedores de falta do Grêmio. Tcheco de curta distância, Souza de média e agora Rochemback de longa. É perigo de gol constante com bolas paradas.

Mas além da maior qualidade e maior poder ofensivo do quarteto de meio campo, a provável ida de Túlio para a lateral direita representa outro reforço em relação à Mário Fernandes ou Thiego, os laterais improvisados de Autuori. Ambos podem ter um futuro promissor como zagueiros. Como laterais direitos, entretanto, são uma negação e Túlio pode emprestar um pouco mais de ofensividade ao setor, com toda a certeza.

Enfim, apenas com estas três alterações, o Tricolor ganha consideravelmente em consistência e qualidade para o segundo turno. Basta compararmos Lúcio com Fábio Santos ou Bruno Colaço; Rochemback com Túlio; e o próprio Túlio na lateral direita com Mário Fernandes ou Thiego. Exatamente na hora que o time mais precisa embalar no campeonato para finalmente se aproximar do G4. Parabéns direção, que o time faça sua parte.

Um grande reforço agosto 29, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Fábio Rochemback, 27 anos é o mais novo reforço gremista. O Grêmio finalmente conseguiu sua liberação junto ao Sporting Lisboa e o jogador chega em Porto Alegre no domingo para realizar exames médicos segunda feira no Clube.

O volante assina por um período de 2 anos e se for vendido neste meio tempo, o Tricolor  fica com 20% do valor da venda. Excelente contratação da direção gremista.

A questão agora é ver o que o técnico Autuori fará com o jogador. Não posso imaginar Rochemback na reserva de Túlio ou Adilson, mas vai saber o que passa na cabeça do treinador. Na lateral esquerda, por exemplo, eu acreditava que Jadilson seria mais titular que Fábio Santos, mas não para Paulo Autuori.

Enfim, espero que o treinador não demore mais que o suficiente para fazer uso tanto do lateral esquerdo Lúcio, como do meia Fábio Rochemback. Afinal, são dois jogadores de muito mais qualidade técnica que os atuais titulares em suas posições.

Enfim uma boa formação agosto 21, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Com a lesão de Leo e a suspensão de Rafa Marques, expulso contra o Santos na Vila, o técnico Paulo Autuori dá pistas de que pode experimentar talvez uma das melhores opções de formação do meio campo gremista.

A idéia apresentada pelo técnico hoje à tarde, para enfrentar o Atlético Mineiro de Celso Roth no domingo, é formar a dupla de zaga com Réver e Mário Fernandes. A grande sacada de Autuori é, contudo, deslocar Túlio para a lateral direita ao invés de recolocar Thiego na posição.

Um meio campo com Adilson, Tcheco, Souza e Douglas Costa tem muito mais qualidade que aquele apresentado em Santos. Sem contar que Réver é muito melhor como zagueiro, assim como o garoto Mário.

Só espero que Paulo Autuori mantenha a idéia na rodada seguinte, quando o Grêmio vai ao Rio de Janeiro tentar, contra o Botafogo, a primeira vitória fora de casa neste Brasileirão 2009.

Tropeço do Grêmio no Barradão junho 1, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

A derrota por 1 a 0 para o Vitória da Bahia, com gol inesperado aos 47 minutos do segundo tempo, foi a primeira derrota do time sob o comando de Paulo Autuori. O elemento mais marcante da derrota foi a dura constatação de que a adaptação do elenco para o 4-4-2 não está rendendo os resultados esperados pelo treinador.

E não adianta tentar atribuir a derrota à ausência de Tcheco. Foi o grupo que, da maneira como vem sendo escalado, não assimilou o esquema transitório do 3-5-2 para o 4-4-2. O Inter, mesmo jogando com os reservas por causa da Copa do Brasil segue 100%. Assim não dá.

Está mais do que na hora de Autuori mudar definitivamente para o 4-4-2, sacando Rafael Marques, para a entrada de Túlio ou Orteman(eu prefiro o último), que comporia o setor de volantes com Adilson, dando aos meias mais liberdade e aproximação com o ataque.

Outra substituição importante é Fábio Santos por Jadilson. Não que o segundo seja uma sumidade na posição, mas o primeiro está muito mal e Jadílson, na minha opinião, só precisa ritmo. Acredito, ainda que a dupla Alex Mineiro e Maxi não faz tanto como faria Maxi e Herrera. Mas nisso acho difícil o treinador concordar.

Enfim, se olharmos para a situação de Palmeiras, SPFC e Cruzeiro no Brasileirão, a coisa não está tão diferente assim. O Grêmio tem uma grande prioridade neste primeiro semestre e está chegando cada vez mais perto dela. Resta torcer para que, assim que a Libertadores terminar, o Grêmio possa se reerguer rápido no Brasileiro, para não sofrer como sofreu o Fluminense ano passado.

Mais mudanças à vista no Grêmio maio 20, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
3 comments

A semana do Grêmio promete mudanças. Em foto muito bem batida pelo fotógrafo Diego Vara, da Zero Hora, foi possível analisar a planilha do auxiliar técnico de Autuori. E, pelo visto, as mudanças não serão apenas de esquema tático, mas também de peças.

Nas anotações, fica clara a entrada de Túlio no lugar de Rafael Marques, dando início ao 4-4-2. Mas não é só isso. Adilson, por causa da expulsão, dará lugar a Maylson na função de segundo volante contra o Botafogo e, dependendo da resposta do jovem destaque da Seleção sub-20, pode até perder lugar na equipe.

O novo comandante também já percebeu que Tcheco é o mais prejudicado do time tendo que jogar como segundo homem do meio. Assim, o camisa 10 e Souza jogarão bem mais próximos ao ataque.

Além disso, outra novidade é a indicação do ataque titular formado agora por Alex Mineiro e Maxi López, deixando Jonas disputar vaga com Alex, e Herrera com Maxi.

De certeza, uma só. Com a chegada de Paulo Autuori, como novo treinador, todos se doarão ao máximo em treinos e jogos para lutarem por uma chance no time titular. Afinal, chegaram as tão esperadas mudanças.

A estreia do Grêmio no Brasileirão maio 10, 2009

Posted by eduardotrindade in Futebol.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

O Grêmio tropeça na largada do Brasileirão 2009 com o empate em 1 a 1 com o Santos em pleno estádio Olímpico lotado. O fato mais lamentável da noite foi o acovardamento de Marcelo Rospide, bem ao estilo de seu mentor Celso Roth, que levou à perda de 2 pontos importantes.

Jogando no Olímpico, empatando e com a necessidade de vencer para não perder pontos em casa na primeira rodada do Brasileirão 2009, o treinador interino decidiu sacar o atacante Jonas e colocar o volante Túlio, ainda antes da metade do segundo tempo.

Em seguida, resolve colocar Alex Mineiro e, ao invés de tirar um jogador de defesa para consertar o esquema que ficava muito defensivo (poderia ser o zagueiro Rafael Marques ou o volante Adilson), tirou o argentino Maxi López que era a jogada mais aguda do time.

Sua única boa substituição foi a entrada de Douglas Costa no lugar de Tcheco que não vinha fazendo uma grande partida. Ainda assim, na minha opinião o interino poderia ter sacado um zagueiro para dar mais ofensividade e voltar a um esquema com dois atacantes.

A partir daí o Grêmio, mesmo jogando no tão odiado 3-6-1 de Celso Roth, voltou a pressionar à frente do gol do Santos. Então, em bela jogada de Túlio para Réver, o zagueiro cortou o defensor santista que o marcava e bateu firme no canto direito do goleiro Douglas para abrir o placar.

Ainda assim, o defensivismo do esquema de Marcelo Rospide acabou por mostrar-se ineficiente, principalmente jogando em casa, e o time cedeu espaços. Acabou, recuado, fazendo a falta que daria o gol do Peixe. Molina, bateu de forma magistral e guardou no canto esquerdo de Victor para empatar o jogo.

De positivo, a grande atuação de Souza, que mostra mais uma vez que mereçe todos os esforços possíveis da direção para a renovação de seu contrato. Ainda que a pedida do PSG possa parecer alta demais. Não é, e o meia provou isso hoje, mais uma vez com suas jogadas dignas de Winning Eleven e movimentação que cansa só de olhar. Não podemos perdê-lo para o Fluminense.

De negativo a certeza de que Marcelo Rospide não pode mesmo ser treinador do Imortal, pois tem no sangue o gene da retranca, a exemplo de Celso Roth. Quero ver o que a direção vai fazer a respeito do 3-6-1 apresentado em mais da metade da etapa final. Do Roth chamaram a atenção e não o deixaram atuar desta forma no Grenal.

E agora, Krieger, como fica a cobrança pelo esquema retranqueiro com o interino? Só espero que Autuori não seja infectado com o vírus da retranca que Roth espalhou pelo estádio Olímpico por mais de um ano. Não tem sentido, estar empatando em casa e, mesmo assim, sacar um atacante para colocar um volante, principalmente quando se joga no 3-5-2.